3.3.10

Muito ainda a conquistar

Nós, mulheres, sofremos enorme quantidade de abusos. De todos os tipos, em várias partes do mundo.

Somos discriminadas intelectualmente, não recebemos o mesmo salário que eles, há uma ditadura de beleza que paira sobre nós. Somos quase obrigadas, diariamente, a sermos ossudas, conforme padrão estabelecido pelos malditos estilistas que desejam nos ver, sabe Deus porque, como cabides. Sem contar a mídia que vende horrores desnudando, sem escrúpulos, nossos corpos.

Ironicamente, somos nós que trazemos vida, alimentamos, educamos e criamos tanto homens e quanto mulheres.

Não tenho aptidão para ser feminista chata e mal amada, ainda há muito o que conquistar e cada conquista para nós, mulheres, deveria ser muito festejada, sim.

Ainda é ...

...enorme o número de infanticídio feminino, na Índia e China.
...enorme o número de mutilação genital feminina, em regiões africanas.
...enorme o número da escravidão feminina, na América Central e Latina.
...enorme o número de prostituição infantil forçada, no Brasil e sub-países.
...enorme o número dos casamentos infantis, em países muçulmanos.
...enorme o número dos assédios sexuais, mundo afora.
...enorme o número da violência doméstica, inclusive Brasil
...enorme o número dos crimes de honras e dos crimes passionais, nos países ocidentais.
Ainda há muitas esposas que são queimadas, no mundo árabe.
Ainda há muitas mulheres que são raptadas nos países sub-desenvolvidos e muitas são forçadas a trabalhos sexuais nos países de primeiro mundo.


Pelo Dia Internacional da Mulher, porém mais que comemorações, precisamos de respeito. Só isso já bastaria.



2 comentários:

Kakah* disse...

Parabéns para nós \o/
Realmento o que sofremos nesta sociedade é muito. Mas acho que somos fortes para superar e encarar isto ^^.

BJinhuss
fique com Deus

Rubinho Osório disse...

Minhas homenagens a voces, bravas guerreiras!