29.12.06

Em 2007...

...faça amigos!!!

Porque aquele que tem amigos é rico...muito rico!!
E, dependendo da qualidade, é provável que até Bill Gates ou alguns destes milionários por aí, sintam alguma inveja de você.
Pode acreditar!


Image Hosted by ImageShack.us



E que você diga o que li em uma camiseta infantil da minha cidade:

"Vem aí o melhor ano da minha vida".

Que assim seja.

Obrigada pela companhia, amizade, carinho durante todo este ano. Vocês são especiais demais. Estarei de férias por um período curto de tempo. Volto já já ...Beijoooooossssssssssssss.
Chris

Foto: Antonio Duarte

27.12.06

O espetáculo vai começar!!!

"A televisão faz um país inteiro assistir satisfeito, meses a fio, a um grupo de anônimos que lavam banheiros, fazem omelete e travam diálogos idiotas".

Rubens Figueiredo (cientista político)

Quer uma sugestão para o período?
Leia um livro, beije na boca, vá ao cinema, jogue boliche, visite amigos, faça uma caminhada, fique De Ponta Cabeça (sugestivo, rs...) ou até como disse o Lou no comentário, fique quieto, parado num canto, certamente você lucrará mais.
A gente se fala!! Bjs

22.12.06

Um presente para você

Natal

O tempo é de compartilhar. E compartilhar o tempo. Compartilhar presentes. Compartilhar a presença das pessoas queridas. Compartilhar os alimentos à mesa. Mas antes de ser transformada na festa do compra-compra, acredito que a intenção de Deus não era um único dia de festa, mas sim, festa todos os dias. Porque se fosse o contrário, teria escolhido outro nome e não Emanoel para o seu filho. E Emanoel quer dizer Deus conosco.

Então aproveite a noite, a família e a presença do Deus conosco a nos presentear. Todos os dias.

Sintam-se abraçados por mim, com todo o carinho. E como presente deixo o vídeo abaixo: Agnus Dei (Cordeiro de Deus, outro nome de Emanoel), com Michael Smith.

Feliz Natal,
Christiani Rodrigues



20.12.06

"Not bad at all"

Aquilo que Bernardinho (técnico da seleção de ouro de vôlei) aprendeu com seu pai, Condorcet Rezende, um dos maiores advogado tributaristas do Brasil:

- Ensinei a Bernardo lições que aprendi com meu pai: ter integridade moral e comprometimento profissional. Quando ele estava na dúvida entre fazer economia ou seguir o caminho do vôlei, chamei Bernardo para uma conversa. Disse que não queria frustrações e que ele não tinha obrigação de fazer o que seus pais queriam. Deveria fazer o que tivesse vontade, desde que mantivesse integridade e competência.

Assim que ele voltou deste Mundial, me telefonou e eu lhe disse: "Não vamos perder nossa fleuma britânica, portanto, not bad at all (nada mal)".

E para seu neto Bruno, filho de Bernardo, o avô continua com as lições:

- Já ensinei a tática secreta do vôlei: faça a bola cair na quadra do adversário e não na nossa.





Nossos atletas, quanto orgulho!! E os senhores parlamentares, hein? Somente para não mostrarem a cara a seus eleitores, estão tendo que voltrar atrás. Que vergonha!!

18.12.06

Apontamentos

Ontem, tive a possibilidade de fazer algo incomum à minha rotina, mas que serviu de reflexão e apontamento interior.
Fomos à Comunidade de Vila Nova, em Duque de Caxias, mais conhecida como Favela do Lixão, distribuir 100 cestas básicas. Eu, meu marido, minha filha(Amanda sentiu-se mal), e preciosos amigos.

O sol amolecia o côco, derretia barro, só os corações permaneciam duros. Era o horário em que ele ficava no meio do céu: 12 horas. Lá permanecemos por duas horas ou mais, tempo suficiente para conversar, ouvir, compartilhar vivências com algumas famílias do local.

Meus pensamentos ferveram...

1 – Os meninos, chamados “olheiros”, observavam cada passo nosso. Os chefões do tráfico local já sabiam que estávamos ali, mas permitiram-nos continuar sem interferências (deve ter sido por causa do transporte que nos identificava).

2 – Na primeira casa, fomos convidados a entrar, nos ofereceram água e abrigo do sol. Uma senhora conversava com o marido, pedindo para que ele abandonasse o vício da bebida, não agüentava mais aquela vida. Participamos da discussão familiar como se fôssemos íntimos e a verdade é que, não queriam alimentos, até doaram um pouco, mas pelo olhar, sentiam necessidade de algo mais, queriam saciar a alma e estas clamavam por paz. A dele e a dela.

3 – Na segunda, a dona da casa era uma mulher que limpava o chão. Também nos convidou a entrar e revelou sua dor. Sustentava a casa com o salário curto, tinha filhos e netos, perdeu uma pessoa importante naquele ano. Era perceptível a alma machucada e no olhar faltava o brilho da esperança. Ali deixamos uma sacola com alimentos e uma palavra de ânimo.

4 – Uma menina adolescente nos acompanhava com seu bebê, chupando uma chupeta, em plena rua. Perguntei-lhe:
"Vocês a dividem"? Ela respondeu, sorrindo: "Não, a chupeta é minha porque ele não gosta". (Era o seu consolo.) A amiga que estava com ela nos convidou, com satisfação, a irmos também deixar uma cesta em sua casa e conversar com sua avó (apenas pretexto para ficar um pouco mais conosco). Fomos bem recebidos, tagarelamos, compartilhamos experiências e ela dividiu conosco seu fardo: uma filha maluquinha e duas netas sem juízo.

Meus pensamentos ferveram...a mais de 50 graus...pensei no governo ausente, naquilo que precisa ser básico à população, na falta de oportunidades de trabalho para os jovens, na exclusão social e que o município de Duque de Caxias está entre os 10 municípios brasileiros que concentram 25% de toda a riqueza produzida no país, que vergonha!! Entendi, então, que o local era um importante curral de eleitores.
Poucos com muito, muitos sem nada. Matemática infernal e injusta.

No entanto, tivemos bom senso em não discutir política, salários de deputados, mas lhes lembramos a história daquele que parte do mundo comemorará o seu nascimento dia 25 agora.
Filho de pais pobres, nasceu num curral (quem sabe por nome Lixão também), local não muito próprio a bebês, conheceu de perto toda miséria humana, enfrentou adversidades, mas nunca deixou de compartilhar a si mesmo.
Sua única idéia fixa ecoa até hoje, dar-nos chances para trilhar o caminho de excelência. Pobres e ricos, porque pobreza da alma independe do local em que vivemos. Basta querermos. Ele nos ensinou os passos, abrindo uma possibilidade de vida abundante.

Nenhum pensamento importava mais, porque de lá saímos abençoados. Ali compartilhamos Jesus e eles entenderam a mensagem.

Um beijo em todos, já começando a desejar um Feliz Natal, mas ainda falo sobre o assunto durante a semana.

Christiani Rodrigues

15.12.06

- Habemus aumento!

Manchetes dos jornais no Brasil: Congressistas aumentam seus salários em 92%

Como eu faço para aumentar o meu salário também? E que ninguém venha pegar no meu pé e nem adianta reclamar porque a culpa do país está quebrado é dos aposentados.

Quero muito tudo isso!!

Quero subsídio mensal de R$ 24.600,00
Quero verba de gabinete: R$ 50.815,62
Quero verba indenizatória: R$ 15.000,00
Quero auxílio moradia: R$ 3.000,00
Quero cota postal e telefônica: R$ 4.268,55
Quero cotas de passagens áreas: Mín R$ 4.100,00/Máx R$ 15.700,00
Quero cotas para jornais e revistas: Mín 3/Máx 5 publicações
Quero cotas de gráfica: R$ 6.000,00










Declarações deles, os parlamentares.

Renan Calheiros - PMDB/AL (presidente do Senado)

- A decisão foi coletiva, é o que pensam as duas Casas (Senado e Câmara) e o que quiseram os líderes. O teto é uma determinação constitucional, não é salário, e representa um solução definitiva. Vamos fazer cortes de despesas correspondentes.

Aldo Rebelo - PC do B/SP (presidente da Câmara)

- A fixação desse subsídio exige cortes de gastos na Câmara e no Senado, para ficar dentro do nosso orçamento. Não haverá aumento de despesas.

Inocêncio Oliveira -PE (primeiro secretário da Câmara) comemora:

- Habemus aumento!




Pequena lista de brasileiros indignados


Portal da casa conhecida como “Casa de todos os brasileiros” ou o canal direto com Vossas Santidades, os senhores políticos, mas aviso, eles entraram de férias, no dia em que aprovaram o aumento próprio.








Fiquemos De Ponta Cabeça todos, mais uma vez, e de novo, novamente, agora o país inteiro. Danen-se a segurança pública, a saúde, a educação, o transporte público, a pesquisa, o polêmico salário mínimo. Agora falo sério, alguém poderia me dizer onde podemos reclamar? Será que com o Papa?

Sobre o post passado, a intenção não é aparecer, mas fazer, ok? (vocês viram uma atriz famosa leiloando o seu piercing usado naquele lugar muito íntimo para uma instituiçao de menores carentes, oh my God!!)

E aí, voltando ao assunto, descobri pelas respostas que vocês são lindos demais, porque tem muita gente, dando exemplo, ainda que anonimamente. Quantos depoimentos de quem está fazendo, que bom!!! E a campanha segue a todo vapor.
Obrigada, amigos!

11.12.06

Um pouquinho só

Fotográfo: Bart



A foto acima me impressionou um pouco neste último final de semana e por mais que tenha sido montada (apesar das letras bem feitas), senti a vontade de compartilhar algo com os leitores do bloguim.

Eu gosto de olhar dentro dos olhos (dizem ser as janelas da alma) e eu acredito que o fotógrafo conseguiu captar no olhar da criança, um pouco de tristeza, desesperança, cansaço, preocupação e desilusão. E penso que dificilmente a encontrarei por aí, mas vou pedir a Deus que lhe mude o futuro eminente e que ela consiga ter o melhor natal da sua vida.

Mediante a imagem, gostaria de propor um desafio nobre aos blogueiros amigos.

Vamos tentar fazer algo diferente: sair de nossos "castelos de marfim", do conforto de nossas cadeiras plantadas em frente ao computador, deixando de escrever só um pouquinho e tentar fazer algo diferente (sei que muitos já fazem isto e que assim continuem...), mas que tal, antes do Natal fazermos uma doação de, pelo menos, um produto da cesta básica a alguém que acharmos que está necessitado?

Vejo nos blogueiros uma classe que começa a despontar, que mostra a cara e que não tem medo das opiniões alheias porque sabemos pensar e criticar. Porém mais que isto, podemos ser uma classe forte que também sabe agir.

Pare um pouco e pense, deve haver alguém que você conheça, que esteja necessitando de alimento. Pode até mesmo ser um morador de rua ou desses milhares de semáforos habitados por pessoas maltrapilhas, fazendo malabaris por uma moedinha.

Deixe sua doação guardadinha no carro ou com você, não dê dinheiro, mas presenteie alguma família carente, não custará muito e trará satisfação à alma. Será só um pouquinho do seu tempo, é Natal. Não podemos resolver o problema do mundo, mas podemos fazer a diferença para uma única pessoa, isso podemos.

Ao clicar na imagem, você poderá vê-la na sua configuração original. Eu me comprometo com a causa. Repassem o desafio nobre, se possível e se quiserem, em seus blogs. Beijo em todos.

8.12.06

Because you kissed me



Quem não gosta de um beijinho carinhoso? Eu adoro. E quem se atreve a ganhar um beijo da beluga fofa aí?Eu tô foraaaa!!! Se você assim desejar, abaixo fica a sugestão para o encontro. (rs...) Vou logo avisando, cuidado para não se apaixonar.

A baleia beijoqueira é uma das atrações do Hakkeijima Sea Paradise, uma ilha de entretenimento, que fica na cidade de Yokohana, segunda maior do Japão, com mais de 3,5 milhões de habitantes. O principal destaque da ilha é o Museu Acqua, um dos maiores aquários do país.

Na cidade de Yokohana, para quem não se recorda, também se encontra o International Stadium Yokohama, palco da final da Copa do Mundo de 2002, que teve o placar de Brasil 2 x 0 Alemanha.

E sobre o post trabalhoso, o mais legal é que me rendeu muitos amigos blogueiros. Bitokinhas de baleia também em todos. Smaaaaack!!

4.12.06

Alguém poderia ajudar novamente?

Esta postagem me deu um senhor trabalho, mas eu tenho aprendido nestes meus anos bem vividos que tudo que nos força a ir além de nossa comodidade frequente, é bem mais significativo. Ou pelo menos deveria ser.

Adorei quando minha irmã (dona da Caneta Esferográfica) enviou-me por email as miniaturas abaixo. Ao ver as imagens tão pequeninas, minha curiosidade foi despertada e na cabeça milhares e milhares de perguntas jornalísticas que levei quatro anos para aprender no curso de comunicação social (porque elas me conduziriam à construção de um belo texto): Quando? Onde? Como? Por que? O que? Quem? Jura de pé junto?

Mas quem fez isso?? Alguém poderia responder? Já "fiz um google", procurei, busquei, perdi uma manhã inteira e ao final dela entendi que seria como procurar miniaturas em palheiros, literalmente. Então desisti de encontrar o dono, postando assim mesmo porque é muito lindinho, incomum e perfeito.

Portanto, se alguém souber quem é o dono, em que país reside, quanto tempo gastou com cada bonequinho (assim como aconteceu com o Paulo Brabo, do Bacia das Almas, que veio aqui para buscar as suas pernas que estavam perdidas numa andança sem fim, vejam só os comentários) me informem por favor, para que este não fique sem crédito.


Image Hosted by ImageShack.us
Patinação na tampa da chapinha de refrigerante

Image Hosted by ImageShack.us
Serrando uma barra de chocolate

Image Hosted by ImageShack.us
Família refresca-se do calor em uma bola de sorvete

Image Hosted by ImageShack.us
Futebol sobre ovos

Image Hosted by ImageShack.us
Engenheiros verificando a rachadura no biscoito

Image Hosted by ImageShack.us
Limpeza ao pé da xícara

Image Hosted by ImageShack.us
Trabalho com caroços da melancia

Image Hosted by ImageShack.us
Montain bike nas rosquinhas


Image Hosted by ImageShack.us
Escalando o brigadeiro

Image Hosted by ImageShack.us
Jardineiros fiéis podam o kiwi

Image Hosted by ImageShack.us
Neve dentro do copo

Image Hosted by ImageShack.us
Pinturas em cogumelos

Image Hosted by ImageShack.us
Homens explorando as crateras do pudim

Image Hosted by ImageShack.us
Açúcar espalhado dá trabalho

Image Hosted by ImageShack.us
Dia de sol num belo sorvete



Postado!!! Foi trabalhoso, mas quem venceu foi eu. Afinal essas figurinhas miudinhas não poderiam me derrotar. Davi e Golias, a revanche? Um beijo em todos ;-P.

Fundamentalismo científico

A ciência não faz declarações. Os cientistas, sim. E, às vezes, erram

A ciência manda, é a última palavra. Embora paradoxal, é quase um mantra a ser seguido. Quem nunca começou uma "dieta" nova na segunda-feira porque no domingo foi informado da nova descoberta da "ciência", que atire a primeira pedra.

Claro, aprendemos muito com a ciência. Mas, pasme, "a ciência não diz nada. Ela não pode fazer declarações. Somente os cientistas dizem as coisas. E estes podem ser surpreendentemente nada científicos e cometem erros". [Dallas Willard, em seu prefácio a Ciência, Intolerância e Fé, Editora Ultimato].

A recente cruzada editorial — livros como The God Delusion (A Ilusão de Deus), de Richard Dawkins, Letter to a Christian Nation (Carta a uma Nação Cristã), de Sam Harris — ou a discriminação de estudantes cristãos em universidades como Edimburgo e Birmingham, na Inglaterra, não deixam dúvidas: os cientistas, ao se ungirem como responsáveis por tudo o que é certo e razoável, se tornaram intolerantes e arrogantes. E a mídia acende uma vela para cada santo — ou demônio, não importa. Num dia descobre o crescimento dos evangélicos; no outro, anuncia o enterro da religião.

Marcelo Gleiser, em seu "Ateísmo Radical", artigo dominical da última semana de novembro, no jornal Folha de S. Paulo, falando de Richard Dawkins, afirma: "Para ele, a ciência é um clube fechado, onde só entram aqueles que seguem os preceitos do seu ateísmo, tão radical e intolerante quanto qualquer extremismo religioso. Dawkins prega a intolerância completa no que diz respeito à fé, exatamente a mesma intolerância a que se opõe".

Enquanto isso, a "ciência", ruborizada, pede desculpas a cada "delusion", a cada gema de ovo a mais ou cafeína a menos recomendada na última estação. Aliás, “sinto muito” foram as palavras do físico britânico Stephen W. Hawking, na 17ª Conferência sobre Relatividade Geral e Gravitação em Dublin, ao negar as próprias teorias, 30 anos depois, sobre os buracos negros. Como cristãos, sabemos que nos enganamos. Inauguramos o auto-engano com Adão e Eva, para o arrepio dos cientistas.

Da prateleira do Ultimato.


Isso está em todo lugar, sofri e vi discriminações enquanto cursava o jornalismo e ainda as sofro, tudo porque acredito em Deus e sou cristã. Para mim, os ensinamentos e sabedoria de Cristo são grandes demais para meu pequeno entedimento humano. Como compreender tão grande amor. Não pediu nada em troca a não ser a reconciliação com Deus. Eu me rendi à Graça e minha boca o confessa diante dos homens.
Beijos a todos.

29.11.06

Uma poesia, uma canção e um joelho

A poesia...



BEM-AVENTURADOS

Bem-aventurados os pintores escorrendo luz
Que se expressam em verde
Azul
Ocre
Cinza
Zarcão!

Bem-aventurados os músicos...
E os bailarinos
E os mímicos
E os matemáticos...
Cada qual na sua expressão!

Só o poeta é que tem de lidar com a ingrata alheia...

A ingrata linguagem dos homens!

Mário Quintana




...e uma canção.

I don't wanna talk about it (Rod Stewart & Amy Belle)





"Great American Songbook" gravados ao vivo no Royal Albert Hall, em Londres, Inglaterra. O concerto de gala especial apresenta Rod acompanhado dos 60 músicos integrantes da BBC Concert orchestra, do London Community Gospel Choir, dos membros de sua própria banda bem como e backing vocals. O concerto captura Rod com Chrissie Hynde, Ron Wood, antigo integrante formador da banda Faces junto a Rod, e a estonteante recente descoberta do mundo musical, Amy Belle.




Tô com o joelho dodói, resultado de um aquecimento imperfeito. Ainda bem que não é cotovelo, é joelho, viu!? Bom fim de semana. Beijokas. Chris

26.11.06

Lançamento do livro "Bush 2: a missão"

Image Hosted by ImageShack.us



Para quem mora no Rio de Janeiro, no dia 28 de novembro, acontece na livraria Armazém Digital do Leblon, no Rio Design Center, às 20h, o lançamento do livro "Bush 2: a missão", do jornalista e professor de Relações Internacionais da UniverCidade, Nelson Franco Jobim. Na sequência, haverá uma palestra com sessão de autógrafos.

Já para quem está em Porto Alegre , o lançamento será na Livraria Cultura do Shopping Center Bourbon Country, dia 12 de dezembro, às 19h30, também com palestra e sessão de autógrafos.

Sobre o livro:

Em Bush 2: A Missão e outras reflexões sobre o mundo do século 21, seu primeiro livro, o jornalista Jobim coloca um olhar analítico sobre uma série de acontecimentos internacionais marcantes para tentar decifrar este admirável mundo novo.

O livro, com apresentação de Eduardo Bueno na contracapa, reúne artigos publicados no jornal digital porto-alegrense Baguete. Começa pela posse de George W. Bush para um segundo mandato como presidente dos EUA e sua promessa de espalhar a democracia pelo mundo como forma de combater o terrorismo no plano das idéias.

Sobre as palestras:


O tema da palestra será sobre o desafio colocado à Doutrina de Segurança Nacional do presidente George W. Bush pelos países que ele chamou de “eixo do mal”.

Nelson Franco Jobim também escreve em seu blog Vida Global e o livro pode ser adquirido por lá.



RIO - ARMAZÉM DIGITAL LEBLON
Shopping Rio Design Center
Av Ataulfo de Paiva, 270 Subsolo 103/104
Tel.2274.5999

PORTO ALEGRE - LIVRARIA CULTURAShopping Bourbon Country
Rua Tulio de Rose, 80 Passo da Areia
Cep: 91340-110
Fone: (51) 3028-4033 - Fax: (51) 3021-1777

22.11.06

No Brasil é igual, incrível!!

Proibido por mostrar mulher sexy sem ligaçao com o produto

Image Hosted by ImageShack.us


Este anuncio do café Lavazza foi proibido na Suécia por ser depreciativo para as mulheres. Mostra uma mulher piloto relaxando com uma xicara de expresso na mao, a jaqueta entreaberta revelando o sutian. A ERK, que cuida da etica na propaganda sueca, criiticou a peça por usar a mulher com o objetivo de atrair atençao, sem conexao com o produto anunciado.

Fonte: Blue Bus

Defeitos (Im) Perfeitos

O post de hoje foi um desafio proposto pelo blog da Fernandinha em que fui intimada a expor publicamente meus defeitos (perfeitos) no bloguim e é lógico que aceitei sem qualquer hesitação.
Aí estão, caros e caras, expostos nessa arena virtual um pouco do meu lado de ponta cabeça ou avesso. (Oh, my God!! rs...)

- A teimosia, às vezes, é a minha companheira;
- O esquecimento meu inimigo;
- Tempestuosa, já fiz milhares e milhares de tempestades com tsunamis em copos de água;
- Déficit de atenção, quando eu falo hum hum então, aí é que não prestei atenção em nada;
- Ansiosíssima, deixo todo mundo doido aqui quando tenho alguma tarefa pra cumprir;
- E um bônus, claro: sou dramática, mas muito dramática, formada pela melhor universidade do México.


Adorei a brincadeira Fernanda e obrigada pela solicitação,
beijos e beijos e beijos
Chris

20.11.06

Cosmologia

Os céus à noite formam o maior espetáculo gratuito que temos diante de nossos olhos. Para quem deseja enxergar mais de pertinho, as imagens do clique abaixo são do site da Hubble, um presente pra você.

Tonight sky – November, 2006



“Os céus declaram a glória de Deus
e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite.
Sem linguagem, sem fala, ouvem-se suas vozes em toda a extensão da terra,
e as suas palavras, até fim do mundo”.
Salmo 19:1,2,3,4


“The heavens declare the glory of God;
And the firmament showeth his handiwork.
Day unto day uttereth speech, And night unto night showeth knowledge.
There is no speech nor language; Their voice is not heard. Their line is gone out through all the earth, And their words to the end of the world”.
Salmos 19: 1,2,3, 4





"Novas idéias sugerem que o universo não tem princípio e nem final". (Big Bang em xeque - Galileu Novembro/2006)

16.11.06

Mais uma de ponta cabeça!!

Gata dá à luz a cachorros


Especialistas em genética da Universidade de Passo Fundo (RS) foram, na tarde deste sábado (11), conferir o caso da gata que teria dado à luz três filhotes com características de cachorros.

► Veja as fotos

O sangue dos filhotes será colhido até sexta feira (17) para exames no departamento de genética da universidade.

A dona do animal disse que nasceram seis filhotes. Os três com características de gato morreram, restando apenas os parecidos com cachorro.



Tá certo que chamo meu cachorro de gatinho, mas Oh, my god!! O que está acontecendo? "O mundo está ao contrário e ninguém reparou"? Que nó!! Cachogatos ou bichorros? Que coisa louca!

15.11.06

De caso com a poesia

Filipe Pereira

Oh, a mente... *

“A mente,
Oh! A mente tem montanhas;
íngremes penhascos
Terríveis, a pique, insondáveis.
Faça deles pouco
Quem nunca ali ficou pendendo... ”



Oh, the mind...*

"The mind
Oh! The mind has mountains;
cliffs of fall
Frightful, sheer, no-man-fathomed.
Hold them cheap
May who ne'er hung there..."


** Gerard Manley Hopkins, No Worst, There is None


Ao clicar na imagem, você poderá visualizar o autor e a imagem em seu tamanho real.
Nada melhor que uma pausa pra poesia. Bom feriado a todos. ;-P

13.11.06

Brasil de riquezas e de choro

Incrustados na serra de Valença RJ, precisamente S.J.da Serrinha, estão os quilombolas (moradores dos Quilombos) e descendentes dos escravos do tempo do Brasil Colônia.

Após uma aventura e tanta, estrada acima, sem a certeza se conseguiríamos chegar ou até mesmo voltar, por causa da chuva fina que insistia em cair, participei do 11º. encontro de jongueiros (dançadores de Jongo – ‘tio’ do Samba), patrocinado pela Petrobrás e Natura, com a presença de comunidades negras, autoridades do governo, personalidades da música, jornalistas da chamada grande mídia e muitos assessores de comunicação. Assim me encontrava eu, neste universo midiático (sem fazer feio, nós do bloguim), neste último final de semana, acompanhando tudo de perto.

Havia uma festa alegre com danças de muitas cores, revelando as raízes brasileiras, mas em dado momento, fechei os olhos e me transportei ao tempo dos escravos, tempo este nada feliz e sim de um passado tenebroso, em que muitos morreram de saudade da terra distante, da liberdade. Pude ouvir vozes de lamento, choro e tristezas pelo sofrimento.

E também pensei que muitos de seus filhos ainda hoje são submetidos a uma sub vida de raça inferior. Para ter uma idéia, neste quilombo, a energia elétrica chegou há apenas dois anos atrás.

No entanto, o auge da festa aconteceu quando foi repassado o título de propriedade daquelas terras aos seus moradores por autoridades do INCRA presentes e o livro-CD- testamento "Jongos do Brasil", com a história desta música e dança, trazidas pelos escravos.

É certo que de lá pra cá, muita coisa mudou, mas ainda há o que fazer, porque muitos dos imigrantes que aqui chegaram, italianos, japoneses, poloneses, alemães etc, tiveram o seu reconhecimento e sua parte em terras brasileiras, mas e os negros? Até hoje, dependem de leis governamentais e projetos para possuírem estas mesmas terras em que trabalharam seus pais trazidos, sem autorização.

Para quem deseja conhecer um pouco mais do universo brasileiro e de nossa história, clique aqui.



Image Hosted by ImageShack.us

Estrada para S.J. da Serra, Valença, região serrana do RJ, sem certeza da volta (rs...)

Image Hosted by ImageShack.us

Jongueiros de Barra do Piraí

Image Hosted by ImageShack.us

Casa do Quilombo de S. José, noite, frio e chuva



Hasta la vista!!

10.11.06

Mãe adotada...sem palavras...

Hoje, eu parei ao ler as palavras no post do dia 02/11/06, no blog da Anna Flávia, o Improfícuo, veja abaixo. Ela me fez lembrar como é boa a sensação de ser amada e assim me senti. Detalhe: nos conhecemos pelos blogs da vida e não nos largamos mais.

Postagem dia 02/11


Querida Magrinha,

É lógico que adoraria ter você como filhota. Também fique sabendo que maternidade pra mim é algo sublime e vivido de forma intensa. Me sinto responsável pelos seres humanos que tenho de dar conta.

Saiba que, a partir dali, você está incluída na minha lista de adoção ou teria sido eu adotada? Não sei. Mas a verdade é que, sabe aquele bem que toda a mãe deseja para seus filhos? Pois é, agora vc está incluída. No entanto, não se engane, sou uma mãe daquelas...quando vejo algo fora do comum, eu sou muito chata...rs....Sinta-se "minha filha", mesmo que distante. Uma pena não termos nos visto quando estive em Recife. Não vai faltar oportunidade, permitindo Deus.

Tens casa e abrigo em meu coração e não é só palavras não, é amor que lhe tenho e amor que age. Porque o amor é ação e o de mãe é a prática disto. Só por isso, valeu a pena estar aqui durante os dois anos de De Ponta Cabeça.

E vamos tratar de comer, você tá muito fininha!!! rs......

Uma confissão, em pensar que noutro dia, estava pensativa, porque gostaria de ter tido mais filhos...ê vida de surpresas!!

Beijos, beijos, beijos

8.11.06

E eu com isso!?

O que Paris Hilton desperta??

Image Hosted by ImageShack.us


Para alguns, ela desperta amor, para outros, ódio, mas para o seu próprio biógrafo (digo PRÓPRIO BIÓGRAFO), ela desperta pena.

E no jornalismo? Desperta pautas em jornais ou a famosa arte de encher linguiças. Se quiser, leia aqui. (rs...)

Oh, my god!! Celebridades atuais e jornalismo, é o fim do mundo!
Ela me desperta a pergunta: O que eu tenho com isso?

7.11.06

Um soneto, uma poeta, um ideal

STATUEOFLIBERTY


"...Give me your tired, your poor,
Your huddled masses yearning to breathe free,
The wretched refuse of your teeming shore.
Send these, the homeless, tempest-tost to me."

(Abaixo uma tradução aproximada)



Hoje, gostaria de comemorar as 10.000 visitas neste meu pequeno espaço no mar da net (contadas a partir de maio deste ano, porque perdi todas as outras contagens, rs...) com o poema de autoria de Emma Lazarus, "The New Colossus", gravado aos pés da Estátua da Liberdade, famosíssimo no solo americano.

Em 1883, a França presenteou os Estados Unidos com a Estátua da Liberdade, que chegaria ao solo americano em 1885. Necessitando-se de um pedestal para a estátua foi organizado um leilão para levantar fundos. Neste foram leiloados manuscritos de poetas famosos, entre os quais Longfellow e Mark Twain. Pediram também a Emma uma contribuição literária. Apesar de relutante enviou seu poema "The New Colossus" para o leilão.

Assim que o poeta James Russel Lowell leu seus versos, escreveu: "Gostei do soneto mais do que gostei da Estátua da Liberdade. O soneto deu ao objeto em questão uma ‘raison d´être’, que é, sem dúvida, necessária mais do que o pedestal".

Sua morte prematura, aos 38 anos, foi considerada uma perda para a literatura americana e para a humanidade, em geral. Raramente surgem no mundo figuras tão talentosas, ao mesmo tempo, tão dedicadas a aliviar a miséria de outros.

Em sua honra este poema onde fica expressa sua inteira dedicação à causa dos oprimidos foi fixado em bronze, aos pés da estátua.



The New Colossus

“...dai-me os seus fatigados, os seus pobres,
As suas massas encurraladas ansiosas por respirar liberdade
O miserável refugo das suas costas apinhadas.
Mandai-me os sem abrigo, os arremessados pelas tempestades,
Pois eu ergo o meu farol junto ao portal dourado"

Minha gratidão e meu muito obrigada a todos.
Christiani Rodrigues

P.S.: O crédito da imagem e o endereço encontram-se na própria, é só passar o mouse sobre a fotografia.

O pastel e o chinês

Image Hosted by ImageShack.us


Porque a pergunta não quer calar

Algum dos leitores do nosso bloguim poderia me ajudar, por favor!? Há uma questão que persegue o meu ser faz algum tempo, devido ao aumento consideravél deles e de seus negócios em comum no Brasil: o ramo de pastelaria.

Sim, minha dúvida vem da China, então, se alguém souber, aguardo a resposta, que poderá ser por email, comentários ou qualquer outra forma de comunicação vigente.

Por que os chineses vendem pastéis no Brasil??

Encontrei qualquer coisa neste site aqui , mas que também não me responde muita coisa. Continuo sem respostas...rs...

Com todo o respeito ao povo chinês, apenas uma curiosidade. Desde já, agradeço.
E Zaijian a todos( que quer dizer até logo, ver de novo; zai, mais uma vez, de novo; jian, ver, encontrar-se.)

China radio internacional

ABC Chinês






Abaixo uma receitinha básica de Pastel Chinês.
Por: André Barreta Picelli - Culinarista

rendimento: 16 porções
Tempo de Preparo: 30min

INGREDIENTES:
1 xícara e meia de trigo
1 colher de chá de fermento comum
2 colheres de sopa de manteiga
1 ovo
Sal


MODO DE PREPARO:

Peneire o trigo, o sal e o fermento comum.
No mármore, abra um buraco no meio, coloque a manteiga e o ovo e misture na ponta dos dedos (como uma farofa).
Borrife com água necessária aos poucos até a massa soltar da mão.
Descansar 25 minutos e depois abra com o rolo até a massa ficar bem fina.
Recheie e frite.

4.11.06

Halleluween V (Aleluim V )

Templo Soul balança o esqueleto da galera no Halleluween V

ENTREVISTA - 02/11/2006 22:02 por Christiani Rodrigues

Com Black Soul Gospel pra brasileiro nenhum por defeito, a Banda Templo Soul deixou uma semente plantada no coração de Duque de Caxias [RJ], mostrando a diversidade musical do povo de Deus. A galera caxiense-carioca cantou numa só voz: “Eu digo sim [sim], Sim para Jesus, E pro diabo digo não [não], Não deixe ele jogar semente errada no seu coração...”

Isso aconteceu no sábado, dia 29 de outubro de 2006, noite da quinta edição do Halleluween [de Aleluia, isso mesmo Aleluia!], na quadra lotada do Ginásio São José, em Duque de Caxias, fazendo estremecer a cidade, numa programação feita para mostrar aos jovens qual a verdadeira intenção do chamado Dia das Bruxas, uma praga infernal ressuscitada e que se alastra nos dias de hoje.

Antes da apresentação, descolamos uma entrevista com Rogério Sarralheiro, líder da banda Templo Soul, que você pode conferir abaixo.


Projeto Vida Nova de Caxias: De onde veio o nome da banda e há quanto tempo vocês tocam?

Rogério Sarralheiro: Havia pedido à minha esposa para fazer uma lista com vários nomes para a banda. Então de todos os nomes, gostamos deste porque dá um outro sentido, sou templo do Espírito Santo. E tocamos aproximadamente desde final de 99, então temos uns seis anos juntos.

PVND: A Banda que toca hoje é a mesma da formação original?

RS: Não, porque já trocamos alguns dos componentes.

PVND: A inspiração das letras, de onde vem?

RS: Do cotidiano mesmo. Do que se vê, do que se lê. Para nós, o importante é levarmos uma mensagem do nosso dia a dia, que fale sobre política, dinheiro, ambição humana etc.

PVND: Qual o maior objetivo do templo Soul?

RS: Evangelizar com a música.

PVND: E qual o público?

RS: Essencialmente os jovens por causa de nossa linguagem. Há pessoas adultas que depois que escutam a nossa música, acabam gostando e virando fã.

PVND: Preconceito?? Dentro e fora?

RS: Olha, está muito melhor agora. Há uns 15 anos atrás, era mais complicada e os caras que nos antecederam, quebraram pedreiras mesmo. Hoje, o que há, é mais o medo mesmo. Medo do novo. Fizemos uma apresentação numa igreja em que o Pastor, logo assim que começamos a cantar, ficou preocupado e nos chamou num canto dizendo: “Olha lá, o que vcs vão cantar”, mas depois que cantamos, ele viu que não era nada daquilo. Ou seja, a unção quebra o jugo. Quando eles enxergam Jesus em nós, fica tudo bem.

PVND: Há bandeira denominacional?

RS: Não. Até mesmo porque nós somos de várias igrejas. Minha formação é batista, nasci no evangelho, mas foi na minha adolescência que me despertei para o fato de querer estar nos caminhos do Senhor por toda a minha vida.

PVND: A inspiração para o som do Templo Soul?

RS: Kadoshi e Banda Rara.

PVND: E a fama?

RS: Olha, ainda não subiu à cabeça. Mesmo porque nem somos tão conhecidos assim, mas sempre estamos colocando diante de nós que, não podemos esquecer de onde viemos e o que estamos fazendo, quais nossos valores e o que nos vale mais. Procuramos usar nossa arte não para sermos ‘estrelas’, sabemos que isso é uma dificuldade enfrentada por vários cantores e bandas, mas reconhecemos que sem a graça de Deus não somos ninguém.

PVND: Sonhos, projetos futuros?

RS: Queremos lançar nosso CD e DVD gravado ao vivo e há projetos para isso no próximo ano.

PVND: Aquela canção com uma história especial?

RS: A música Mil, dez mil tem uma história marcante. È sobre o Salmo 91 e uma experiência pessoal que vivi. Eu estava dentro do ônibus, me dirigia para a igreja quando passamos próximos a uma manifestação. Um pedregulho foi jogado em direção ao ônibus e atingiu uma moça que estava na minha frente. Ela ficou com a cabeça afundada, foi horrível e eu fiquei em choque por aquela violência toda. No mesmo momento comecei a orar e agradeci a Deus por não ter sido atingido. E no momento em que orava, o Senhor falou ao meu coração: “Olha, esta pedra era pra você”.
Naquele instante, minha visão foi solidificada e compreendi a minha chamada.


Image Hosted by ImageShack.us

Início do Halleluween, devocional dos jovens

Image Hosted by ImageShack.us

Adivinha quem?

Image Hosted by ImageShack.us

Uma multidão compareceu ao evento

Image Hosted by ImageShack.us

Show com o Templo Soul

Image Hosted by ImageShack.us

Outro momento do show

Image Hosted by ImageShack.us

Eu e Adriana no stand

Image Hosted by ImageShack.us

Amanda e Filipe com o líder da banda

2.11.06

"Blogueiros, uni-vos!!"

Manifesto na net por blogueiros presos


A Anistia Internacional pediu aos blogueiros do mundo inteiro que repercutam em seus blogs os casos de prisão de blogueiros em países onde impera a censura na internet.

- A liberdade de expressão na internet é um direito, não é um privilégio – mas é um direito que precisa ser defendido. Pedimos aos blogueiros de todo o mundo que demonstrem solidariedade com os usuários de países onde se é preso por criticar o governo, disse Steve Ballinger, membro da Anistia.

Aqui, no Brasil, na maioria das vezes, se você critica o governo, no máximo é chamado de 'golpista'. Mas, em países como o Irã e a China, pode acabar em cadeia, sem muito direito de defesa.

Atualmente existem diversos sites que monitoram a prisão de blogueiros. São eles - o Global Voices Online , o site da Repórteres sem fronteiras e o Rconversation .







A ONG Repórteres sem fronteiras convida aos blogueiros e cia. para uma manifestação online contra a censura na internet, no endereço www.rsf.org, entre 6horas da terça 7 de novembro até 6horas da quarta 8.

Nessa ocasião será lançada a plataforma de blogs RSF, com a repercussão de notícias internacionais em blogs de todo o mundo.

(Recebido por email)







Blogar pode ser uma atividade perigosa porque, dentre suas funções, faz o povo pensar dentro de um espírito crítico não manipulável. Hoje, há milhões de adeptos da blogmania sem fim. Sinal de vida inteligente no planeta.
Bjokas todas ;-P

1.11.06

Vídeo para Lula e uma canção para os brasileiros

Para o presidente Lula, o vídeo. Aos brasileiros, a letra e a canção. Aos governantes mundiais, não sei...


Vilarejo (Marisa Monte)




Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda, quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão
Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraíso se mudou para lá
Por cima das casas, cal
Frutos em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonho semeando o mundo real
Toda gente cabe lá
Palestina, Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre abertas
Pra sorte entrar
Em todas as mesas, pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os destinos
E essa canção
Tem um verdadeiro amor
Para quando você for

E um bom feriado a todos os que nos visitam. Bjokas. Chris;-P

31.10.06

Mídia sem credibilidade?

Caiu a ficha: a mídia finalmente notou o quanto está mal na foto

(Este post gerou 441 comentários)
Anotado ontem no blog da coluna Toda Midia, da Folha, citando outro da Folha, o blog do Josias de Souza.

No fim de semana, Josias reparou no que chama de "irrelevância da midia" (íntegra Aqui), e lamenta - "O brasileiro deu as costas para o noticiário, eis a novidade" - está falando do noticiário político, que tem sido, faz tempo, o prato principal dos jornais e do telejonalismo brasileiro.

Narra - "Poucos governos mereceram da mídia exposiçao tao negativa. As perversões atribuídas ao PT e a Lula foram alardeadas à saciedade. A despeito disso, o eleitorado atribui ao presidente um volume de intenções de voto que humilha os concorrentes. Humilha também a mídia (.....) Poder-se-ia argumentar que o eleitor pobre de Lula nao lê jornal. Bobagem. Não há casebre brasileiro que nao disponha de um aparelho de rádio ou de TV... Vítima de si mesma, a mídia está na bica de virar, ela própria, notícia: Sua 'desimportância' reclama estudos e análises aprofundadas" -reivindica.

Em outro trecho, admite - "A indústria da informação, sobretudo a impressa (no Brasil) está numa encruzilhada. Com a circulação estagnada, os jornais lutam para seduzir novos leitores. O público, porém, emite sinais de que considera o conteúdo dos jornais cada vez mais irrelevante".

Fonte: Blue Bus
Íntegra do texto no blog do Josias aqui.

29.10.06

De perder a cabeça

Image Hosted by ImageShack.us




"...O que é que há?
É só amor
Não existe remédio,
Não existe doutor
Que possa curar!"

Barata Tonta (Roberto de Carvalho - Rita Lee)
Imagem: Augusto Tomé

27.10.06

Homer Simpson, Tv Globo e Jornalismo Duvidoso

Homer Simpson da TV Globo leva baile dos leitores do Observatório da Imprensa
Image Hosted by ImageShack.us


Nesta última quinta-feira, ao tentar responder à reportagem de Raimundo Pereira na Carta Capital, o editor-executivo da Central Globo de Jornalismo, Ali Kamel – sim, aquele que escreve livro para negar a existência do racismo no Brasil – levou uma das maiores lavadas que já vi alguém levar na história da internet brasileira. O episódio já é, em si, um marco desta campanha eleitoral e mostra a força democratizadora do “jornalismo cidadão” feito na internet por gente como Mino Carta, Luis Nassif, Paulo Henrique Amorim e Luis Weis.

Continua aqui.


Fonte: O Biscoito Fino e a Massa

25.10.06

Alguém poderia ajudar??

Image Hosted by ImageShack.us



Gente, coitadas das pernas aí em cima, elas não param de procurar pelo dono. Perceberam como estão aflitas, com passadas desesperadas? Se alguém o encontrar, favor avisar-me, porque elas estão aqui no bloguim, me enchendo o saco, ok? Afinal de contas também prestamos serviço de utilidade pública.

Achei a imagem muita loka. Bjokas ;-P

22.10.06

Free hugs ou Campanha de abraços grátis

Image Hosted by ImageShack.us


Digam-me, o que há de melhor que um abraço, quando este vem aquecido de fortes sentimentos? Diante de tantas surpresas ruins que nos são informadas diariamente, uma "good news" nos enche de alegria: a campanha mundial de abraços grátis.

A onda veio da Austrália, quando há dois anos atrás, Juan Mann teve a idéia de oferecer abraços grátis uma vez por semana em uma rua comercial de Sydney. Acabou caindo na rede quando a banda Sick Puppies decidiu filmá-lo em ação para fazer seu video clipe. O video sensaçao do YouTube na duas últimas semanas foi o Free Hug Campaing, ou campanha por abraços grátis. Vejam aqui o vídeo.

A produçao, que levou apenas 1 dia, já atingiu mais de 3 milhoes de pessoas no mundo e vem gerando 'crias' da campanha em diversos países. Na Russia virou praticamente uma passeata aqui com panfleto de divulgaçao e grupo de discussao na web aqui.

Existem também respostas da Coreia, Venezuela, Espanha, Inglaterra e muitos outros. No Brasil, a campanha começou a fazer sucesso também. Só no orkut há dez comunidades sobre o assunto, oito em inglês e duas em português.

Fica aí a sugestão de todos os tempos e aproveitem para distribuir abraços também. Estou dentro!! Sintam-se abraçados(a)por mim. Gostaria que não fosse virtual e sim real. ;-P

20.10.06

De caso com a poesia

Vento Norte

Abri minha boca,
algumas palavras quietas
me escaparam como um suspiro tímido
e buscaram o ouvido do Vento Norte
- Eu perdôo. Eu perdôo.
dizia aqui por dentro.

Com asas nos pés ligeiros
cor de latão reluzente
Ele as levou para longe,
percorrendo a Terra duas vezes
no abrir e piscar de meus olhos.

Trouxe consigo, sorrindo
do orvalho da manhã gotejadas
um buquê de rosas entrelaçadas
todas de cores brancas
meu espírito exalou flores.

Christiani Rodrigues






Ode à Rosa de Saron** (18.10.06)

Peço licença, poesia

No meio do meu caminho tinha uma Rosa
tinha uma Rosa no meio do meu caminho
assim como o poeta
não pude esquecer tamanho acontecimento
trouxe vida aos dias da minha vida
ensinou-me a contar os meus passos
com coração diferente.

Assim como o poeta,
não pude esquecer tamanho acontecimento
era noite de véu pesado
quando encontrei a Rosa
suas pétalas foram remédio para meus ossos
diante de um mundo caótico
que me tornava fatigada
com eloquente gramática desalinhada
e questões antigas e rotas:
"Deus existe ou não existe?
Ele é ópio do povo".

A morte matou os grandes pensadores
os vivos seguem desacreditados

Tinha uma Rosa no meio do meu caminho
no meio do meu caminho tinha uma Rosa
Que bom não ter encontrado a "pedra"
que bom ter encontrado a Rosa
No meio do meu caminho tinha uma Rosa
Ela fez toda a diferença
Senti seu perfume agora.

Christiani Rodrigues





*** " Como são insignificantes os livros dos filósofos, como toda sua pompa, quando comparados aos evangelhos! Será que escritos, ao mesmo tempo tão sublimes e tão simples, podem ser obras de homens? Será que Cristo, cuja vida eles contam, poderia ser nada além de um mero homem? [...] Onde está o homem, onde está o sábio que sabe como agir, sofrer e morrer sem fraqueza e sem fazer disso uma exibição? Meu amigo, homens não inventam coisas assim; e os fatos que atestam Sócrates, sem dúvida, não são tão bem atestados quanto os fatos sobre Jesus Cristo. Esses judeus nunca poderiam ter chegado a tal tom em seu pensamento sobre a moralidade, e os evangelhos têm características de veracidade tão grandiosas, tão notáveis, tão perfeitamente inimitáveis, que seus inventores seriam ainda mais maravilhosos do que aquele que descrevem. Sim, a morte de Sócrates é a de um sábio, a vida e a morte de Jesus são a de um Deus".

Jean-Jacques Rousseau sobre Jesus Cristo






Image Hosted by ImageShack.us



Dia de hoje (16.10.06)



Assim que o galo cantou,
percorri caminhos
em que fiz o meu ser
a estrada reta estava
e o caminho meio deserto
avenidas, ruas e vielas transpassadas
a 100 Km por hora.
Hoje, os semáforos da vida
me disseram: é verde!

Christiani Rodrigues
Imagem: Rui Santos

18.10.06

Aos Navegantes, um aviso

Quase todos os provérbios se relacionam com o tempo. As previsões meteorológicas não existiam até há bem pouco tempo. A sabedoria e experiência dos marinheiros gerou alguns destes provérbios que aliados a alguma superstição permitia "prever", ou não, o estado do tempo ou mar de modo a poderem navegar com alguma segurança.

Aspecto do Céu

Vermelho nascente que pronto descora,
Tempo de chuva que está p'ra demora.

Brilhante nascente que nuvens desfaz,
Reúne a companha que bom tempo nos traz.

Sol nascente desfigurado,
No Inverno, frio, no Verão, molhado.

Sol que nasce em nuvens sentado
não vás ao mar fica deitado.

Poente nubloso, vermelho acobreado
Safa a japona, que o tempo é molhado.

Nevoeiro

Se ao vale a névoa baixar,
vai para o mar.
Mas se pelos montes se atrasa,
fica em casa.

Depois de chuva, nevoeiro,
Tens bom tempo marinheiro.

Aves Marinhas

Se entra por terra a gaivota,
É que o temporal a enxota.

Quando a passarada berra,
O marinheiro procura terra

Chuva

Se vem chuva e depois vento
Põe-te em guarda e toma tento.

Se tens vento e depois água,
Deixa andar que não faz mágoa.

Estrelas

Sem nuvens o céu e estrelas sem brilho
Verás que a tormenta te põe num sarilho.


Arco-Íris

Manhã com arco mal vai o barco.

Se à tarde vem, é p'ra teu bem.


Relâmpagos e Trovões

Horizonte puro, com fuzis brilhando,
Terás dia brando, com calor seguro.

Relâmpagosao norte, vento forte,

Se do sul vem, chuva também.

Se um trovão seco no céu reboa,
Temporal violento nos apregoa.

Lua
Lua à tardinha com seu anel,
Dá chuva à noite ou vento a granel.

Lua com halo de grande aparato,
É molha certa prá gente de quarto.

Lua com circo,
água traz no bico.

Lua nova trovejada,
trinta dias é molhada.

Lua empinada, Maré repontada

Lua deitada Marinheiro em pé.

Vento
Volta direita, vem satisfeita.
Volta de cão traz furacão.

Vento contra a corrente,
Levanta mar imediatamente.

De Espanha, nem bom vento,Nem bom casamento.

Foi-se o nordeste, turvou-se o azul,
Fugiu do norte, foi para o sul.

Se um dia Deus quiser,
Até com norte pode chover.

www.ancruzeiros.pt

Adorei isso...rs...Bjokinhas ;-P

15.10.06

The Spirit of St. Louis

Image Hosted by ImageShack.us



"Na minha juventude, para mim a ciência era mais importante do que o homem ou Deus. Eu reverenciava a ciência...Agora entendo que a verdade espiritual é mais essencial para uma nação do que o concreto em suas paredes e muros.

Quando as ações de uma pessoa são fundamentadas nas verdades espirituais, há segurança. Quando as verdades espirituais são rejeitadas, é só uma questão de tempo até que a civilização entre em colapso.

Temos de entender as verdades espirituais e aplicá-las em nossa vida moderna. Temos de extrair forças das virtudes quase esquecidas da simplicidade, humildade, comtemplação e oração. Isso exige uma dedicação além da ciência, além do ser, mas as recompensas são grandes, e esta é a nossa única esperança".**

** Charles A. Lindbergh (1902-1974) - Aviador norte-americano nascido em Detroit, Michigan, famoso por ter realizado o primeiro vôo sem escalas entre Nova York e Paris, pilotando sozinho sobre o Atlântico seu monomotor Spirit of St. Louis (1927). Dentre todos os prêmios que ganhou, está também o Prêmio Pulitzer (1954) pelo livro "The Spirit of St. Louis".

Image Hosted by ImageShack.us

Lindbergh partindo de NY à Paris, em 1927

30.9.06

De caso com a poesia

Mascarados
(Cora Coralina)

Saiu o Semeador a semear
Semeou o dia todo
e a noite o apanhou ainda
com as mãos cheias de sementes.
Ele semeava tranqüilo
sem pensar na colheita
porque muito tinha colhido
do que outros semearam.
Feliz novo ou velho presidente!

27.9.06

Lula e suas metáforas

"O Lula não é o Lula, é uma parte do povo brasileiro que ganhou consciência política, não sou sozinho", disse. "Na hora em que arrancarem os meus braços, eu vou usar os braços do povo, quando arrancarem meu coração, vou sentir com o coração do povo, quando arrancarem minha cabeça, vou pensar com a cabeça do povo."

Palavras do presidente Luiz Inácio Lula Silva, ao desembarcar ontem à noite em Belo Horizonte, animado com as pesquisa mais recentes e a perspectiva do dossiê contra os tucanos ter um impacto menor do que esperado nas eleições de domingo.
Segundo ele, os políticos do PSDB e do PFL estão assustados com a perspectiva de que ele fará muito mais em oito anos do que eles fizeram. O presidente petista chamou de "calúnia" e "infâmia" as acusações dos adversários contra ele. Mas não fez nenhuma referência direta ao dossiê.

25.9.06

Números * Números * Números

>> 32 dias por ano é quanto um trabalhador do Rio de Janeiro ou de São Paulo gasta no deslocamento casa-trabalho-casa;

>> 72 ministros da Fazenda já passaram pelo governo desde a proclamação da República do Brasil, em 1889;

>> 11.000 orelhões são destruídos a cada trinta dias por vândalos na cidade do Rio de Janeiro;

>> 40.000 dólares é quanto valeria um rim se ele fosse vendido, e não doado, segundo cálculos do economista Gary Becker;

>> 55.000 crianças chinesas, quase todas do sexo feminino, foram adotadas por famílias americanas desde 1991. A maioria hoje tem menos de 10 anos;

>> 2.000.000 de bebês morrem nas primeiras 24 horas após o nascimento nos países em desenvolvimento;

>> 47.000.000 de brasileiros maiores de 15 anos não conseguem ler e escrever satisfatoriamente;

>> 250.000.000 de pobres vivem na Índia e são hoje o principal problema a enfrentar no segundo país mais populoso do mundo.

Fonte: Ultimato

23.9.06

Air design

Image Hosted by ImageShack.us


Quando menina,
adorava olhar o céu em dia azul claro,
procurando anjos, cavalos alados e outras figuras mais.
E quando a noite chegava,
quase sempre contava as estrelas,
tentando segurá-las com a palma das mãos.
Depois as soprava ao vento, que se fixavam em seus lugares.
Lá estão até o dia de hoje.
Christiani Rodrigues
No post "I'm lovin it" uma pequena explicação após tanto tempo sumida. ;-P Bjokas

21.9.06

I'm lovin' it

Se você tiver de parar um pouco, fique sentado, mas sempre olhando para frente, nunca para o caminho já percorrido.
(Provérbio Chinês)


Parei um pouco, mas não fiquei sentada não, pelo contrário, trabalhei muiiitoooo. Só que não olhei pra trás, honestamente, nem tive tempo. E agora estamos aqui de novo no bloguim, visitando os amigos. Obrigada pela amizade e paciência. Uma confissão: nem acredito que agora tenho banda larga, será que estou sonhando? Me belisquem, por favor!!!...rs...bjokas

8.9.06

Lembrete no ímã da geladeira

Queridos todos,

desculpem-me a falta de postagens, mas é que estou mudando de residência e tá difícil conciliar todas as coisas. Estou sem computador, sem internet, quase De Ponta Cabeça e arrancando os cabelos e um apê pra arrumar. Só mais esta semaninha básica, ok?

Beijos e já já volto.

31.8.06

Muito além da relatividade

"A vida é como jogar uma bola na parede:
Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul;
Se for jogada uma bola verde, ela voltará verde;
Se a bola for jogada fraca, ela voltará fraca;
Se a bola for jogada com força, ela voltará com força.
Por isso, nunca "jogue uma bola na vida" de forma que você não esteja pronto a recebê-la.
A vida não dá nem empresta; não se comove nem se apieda.
Tudo quanto ela faz é retribuir e transferir aquilo que nós lhe oferecemos"
Albert Einstein

28.8.06

Etiqueta masculina X Elegância irresistível

O homem elegante o é em todos momentos da sua vida, seja com a senhora do cafezinho ou com a mulher dos seus sonhos. Sedutor pela sua suavidade e capacidade de envolver - não pela agressividade e ousadia.

Um homem pode se tornar irresistível através de pequenas delicadezas cotidianas sem fazer muito esforço. Abuse delas, pois não há contra-indicação.


- Desde Santos Dumont as "mademoiselles" já apreciavam este gesto: abrir a porta do carro. Pode parecer fora de moda, mas ainda é uma atenção. Hoje, com as travas elétricas e controles remotos ficou muito mais fácil. - Subindo e descendo escadas - rolantes ou não. Ao subir uma escada quem vai na frente o homem ou a mulher? Lembre-se: em escadas, o homem sobe atrás e desce na frente. Porque ? Para proteger caso ela escorregue, fácil, não?

- Caminhando e andando... Ao atravessar a rua o homem pode e deve segurar no cotovelo da mulher. É apenas um gesto de proteção, mas ainda muito apreciado. E ao andar pela calçada ele fica do lado de fora, deixando a mulher protegida. Do quê ? Dos carros, das poças d'água, enfim de qualquer perigo.

- Restaurante: uma prova de elegância. Ele sempre entra e sai na frente da mulher para preservá-la dos olhares e conversar com o maître. . É o homem quem puxa a cadeira em bares e restaurantes para a mulher sentar. Se o garçom fizer isso, fique em pé até ela se acomodar.
Quando a mulher se levanta, o homem faz menção de se levantar - uma "meia levantada". É um gesto de atenção que certamente não passa despercebido.
Finalmente, acompanhado ou não à mesa, quando uma mulher chega, o homem se levanta, sempre !

- Para dizer que não falei das flores. Use e abuse delas. Mande flores no dia seguinte... Aliás, mande flores sempre. Chegue com flores - até mesmo com apenas uma flor!

- Cartão pessoal é muito chique! Tenha um cartão de visitas só com o seu nome - sem telefone, endereço ou e-mail. Use-o para mandar as flores e presentes. O número do telefone não fará falta, pois você é inesquecível. E, com certeza ela tem o seu telefone na agenda e na memória.

- Faça-a rir. Não há homem elegante de mau humor. Controle-se. Morda os dedos. Grite sozinho. Mas com ela, exiba no máximo preocupação. Cara feia, jamais! E, na medida do possível tente fazê-la sorrir. Um homem com esse poder, consegue qualquer coisa de uma mulher...

By Claudia Matarazzo

E por favor rapazes, unhas sempre limpas e aparadas, roupas impecáveis, um perfuminho...as meninas merecem este tipo de atenção. rs...bjokas em todos. ;-P

21.8.06

De caso com a poesia

Image Hosted by ImageShack.us


Quem diz eu te amo
Ricardo Gondim

Quem diz eu te amo,
se assemelha à criança que chama pela mãe.
Quem diz eu te amo,
se compromete seriamente.
Quem diz eu te amo,
se dá sem pedir.
Quem diz eu te amo,
se responsabiliza com as esperanças que fez nascer.
Quem diz eu te amo,
se parece com Deus, o eterno amante.
Quem diz eu te amo,
se conscientiza que se vulnerabilizou à dor.
Quem diz eu te amo,
se despede de poder dizer adeus.

Eu te amo.


Crédito imagem: J.R. Garcia

"O melhor ainda está por vir". Esta frase é uma das minhas favoritas. Bjos.

14.8.06

Impostômetro... "Aqui é o meu país..."



Você tem conhecimento dos impostos escondidos no preço final dos produtos que levamos pra casa? Não! Então penso que, além de vir explicado a que se destina, deveríamos exigir um pouco mais de transparência na arrecadação deles. Também acho que poderiam vir estampados em qualquer parte da embalagem, só assim ficaríamos sabendo o quanto pagamos em cada produto consumido.

Na pasta de dente que usamos todos os dias está embutido no preço final o percentual de 42,00%. E no papel higiênico, meus amigos!? Pagamos a bagatela de 40,5%. Já pensou nisso?

Uma parte (às vezes, bem gordinha) daquilo que desembolsamos não vai para o fabricante ou para o comerciante, mas sim para o governo, na forma dos mais variados tributos, impostos, contribuições e taxas.

Conheça os percentuais de tributos sobre o preço final de alguns produtos (somente alguns):

ÁLCOOL - 43, 28%

SABÃO EM BARRA - 40,50%

SABÃO EM PÓ - 42,27%

CARNE BOVINA - 18,675

FRANGO - 17, 91%

FEIJÃO - 18,00%

MARGARINA - 37,18%

ARROZ - 18,00%

FRUTAS - 22,98%

LEITE - 19,24%

MACARRÃO - 35,20%

ÓLEO - 37,18%

CAFÉ - 36,52%

PASTA DE DENTE - 42,27%

PAPEL HIGIÊNICO - 40,50%

CIGARRO - 81,68%

MICROONDAS - 56,99%

Ainda há: IPI, ICMS, ISS, Cofins, PIS e CPMF. Também IPTU, IPVA, e a contribuição previdenciária. E o mais odiado de todos: o Imposto de Renda.

Ainda tem mais caríssimos amigos, dêem uma olhadinha nisto aqui, o IMPOSTÔMETRO.


Por um Brasil mais transparente e com mais cuidado com meus impostos. Esta máquina que faz dinheiro assusta.

Fonte:Associação da Classe Média

7.8.06

O que é o homem?

"Passei a ter respeito pelas pessoas solitárias. Antes, ao entrar num restaurante, rodeado de amigos, achava que aquelas pessoas, isoladas, eram perdedoras. Como eu estava enganado", disse Flavio Briatore, chefe da Renault ao revelar que a cirurgia a que se submeteu no mês passado, nos EUA, foi para extração de um tumor maligno no rim esquerdo.

"Eu me sentia imortal, como quase todos nós, e deveríamos agradecer a Deus, todas as manhãs por estarmos vivos", continua Briatore.

O dirigente comentou que a operação foi marcada logo que o câncer foi diagnosticado. "Se esperasse uns meses, ficaria complicado. Nossa vida é um livro, e com sorte podemos alterar alguns capítulos". Após a cirurgia, Briatore passou um tempo sozinho, em Merano, na Itália, e afirma que deu início a uma outra vida.

Quando eu olho para o céu, para a lua e para as estrelas, me pergunto: o que é o homem?

2.8.06

Nova "Paula Coelha"

Pois é, a escritora Bruna Surfistinha aí de novo: a moça fará turnê pela Europa em janeiro de 2007 e lançará versões em inglês e hebraico do livro "O Doce Veneno do Escorpião", que já vendeu 130 mil cópias.

Não acredito...seria de ponta cabeça!?

Folha de S. Paulo - 1/8/2006 - por Mônica Bergamo

29.7.06

De caso com a poesia

Image Hosted by ImageShack.us



Seres de Casca**

Seres
Em mutação
Inconstantes
Evoluídos!?
Por vezes híbridos
Quem sabe retos
Talvez incertos
Que Deus conhece
E se desconhecem

Virtuais
Sem virtudes
Contínuos
Sem o fio da meada
No cotidiano
De dias rasos
Iluminados artificialmente
Com a lâmpada
Dos que seguem para o abate

Impensantes manipulados
Pelo império das imagens
no jogo das palavras
deixam-se levar
seduzidos
perdendo o ar da graça
diante do espírito nu
conteúdo insipiente
sem enchimento da almofada

sem sal
sem sol
cheios de sonhos
isentos de cores
semi-deuses
semi-mortos
a longo prazo
de curta estrada
seres de casca

* Texto: Christiani Rodrigues
* Imagem: Sanchome

27.7.06

Auto-ajuda!?

Hoje em dia todos sabemos que os livros de auto-ajuda multiplicam-se aos milhares, não é mesmo? Na realidade, acho que dão filhotes. Alguns ganham títulos que beiram ao absurdo. Vejam alguns exemplos pra lá de curiosos no "livro das listas", da Editora Record.

- Como ser feliz mesmo casado (How to be happy though married), de Edward John Hardy. Ed. J. Fisher Unwin/1895

- Como roubar bancos sem violência (How to rob banks without violence), de Roderic Knowles. Ed. Michel Joseph/1972.

- Como se tornar um esquizofrênico (How to become a schizophrenic), de Joseph Modrow. Ed. Apollyon Press/1992.

- Como iniciar seu próprio país (How to start your own country), de Erwin S. Strauss. Ed. Loompanies Unlimited/1984

Sugestão para um outro nome de livro desse gênero: Como ficar De Ponta Cabeça com muito equilíbrio. Quer saber!? Leia o nosso bloguim. Fica aí a dica, bjokas.

26.7.06

Ah, decepção!!

Decepção com as ideologias

Os dois mais graves movimentos imperialistas do mundo moderno fracassaram: o marxismo, que serviu de inspiração aos esquerdistas mais obcecados, e o nazismo, que inspirou a direita mais abjeta. O primeiro trucidou os divergentes, o segundo matou os diferentes. Radicalismo, seja de esquerda ou de direita, dá nisso.
Gilberto Ramos (Jornal do Brasil, 29/06/04)

Cometi dois grandes erros intelectuais na minha vida. O primeiro foi pensar que o comunismo duraria cem anos; o segundo, foi achar, quando o comunismo caiu, que todos os nossos problemas estariam resolvidos. Isso se mostrou falso.
Cardeal Joachim Meisner, de Colônia, Alemanha (Folha de São Paulo, 20/04/05)

Decepção com o governo

Neste momento, meu estado de espírito (e o da maioria dos brasileiros, provavelmente) é uma espécie de decepção, mais triste do que raivosa. É sempre doloroso e desanimador descobrir que as figuras que pairam acima da gente não têm legitimidade.
Contardo Calligaris, psicanalista (Folha de São Paulo, 04/08/05)

Entra governo, sai governo, e a gente não vê grandes mudanças. Não vemos as mudanças que gostaríamos para o país. O sentimento geral hoje é de muita desilusão. Percebe-se um clima muito triste, um clima de desalento. É o que mais tenho visto nas pessoas.
Luiz Vilela, 62 anos, escritor, autor de O Fim de Tudo (Jornal do Brasil, 06/09/04)

Com uma quadrilha “em cima” — nossos governantes — e outra “em baixo” — o PCC —, como sobreviveremos?
Rose Villanova (em carta à Folha de São Paulo, 16/05/06)

Decepção com o presidente

O sentimento mais presente em mim tem sido o da oportunidade perdida. Um ex-líder operário teve a possibilidade de começar a realizar a grande utopia brasileira — a da igualdade social, no país mais desigual do mundo — e a está perdendo.
Emir Sader, sociólogo (Época, 31/10/05)

Lula está de pés e mãos atados e parece que não vai conseguir fazer as grandes medidas que prometeu no plano social. Foi uma decepção para o mundo.
José Saramago, escritor português, Nobel de Literatura (Jornal do Brasil, 13/05/06)

Quando Lula ganhou, o mundo inteiro se curvou diante dele e achou que de repente teria chegado a revolução do proletariado ao Brasil. Deu no que deu.
Clóvis Rossi, colunista (Folha de São Paulo, 22/12/05)

A decepção com Lula é muito mais profunda do que as decepções anteriores.
César Benjamim, ex-dirigente do PT (Jornal do Brasil, 08/01/06)

Decepção com a democracia

Derrubada a ditadura, vem a luta pelo poder, e o poder, na democracia representativa, tem a fachada de idéias, programas mirabolantes, mas apenas a fachada. No subsolo das alianças, das campanhas, o que prevalece é a lei da selva, dividido em dois escalões: o dinheiro, o excremento do demônio, como dizia santo Agostinho, e o botim, o resultado do saque, a distribuição dos cargos e dos lucros.
Carlos Heitor Cony (Folha de São Paulo, 08/05/06)

Decepção com a nação mais poderosa do mundo

Se você acredita que tudo isso está relacionado à missão de levar a democracia ao Oriente Médio, você também acredita que Stalin estava, como dizia, levando a democracia para os países do Leste Europeu.
Noam Chomsky, um dos maiores pensadores vivos, autor de Hegemonia ou Sobrevivência — uma história da política externa dos EUA (Carta Capital, 17/12/02)

Gasto mais tempo pensando no governo Bush no que nas próximas eleições. Bush é um desastre. Precisaremos do resto de nossas vidas para reparar o estrago que ele fez.
Joan Dilion, jornalista, escritora e roteirista (Jornal do Brasil, 13/05/06)

Os EUA saem dizendo pelo mundo que mais algumas ogivas nucleares são perigosas e imorais enquanto eles mesmos possuem 12 mil.
Fareld Zao Karia, colunista e editor-chefe da edição internacional de Newsweek (Época, 24/04/06)

Gostaria que as pessoas entendessem que há muitos cristãos americanos que estão bastante desapontados com a arrogância e auto-suficiência da política externa dos EUA, e que acreditam que a guerra do Iraque foi um erro terrível.
Philip Yancey, jornalista e teólogo americano (Seu Mundo, n. 20)

Decepção com a pós-modernidade

Nesta “era” em que o homem atingiu sua máxima liberdade e independência, é para ele a ‘era’ em que conseguiu sua maior insegurança interior, vivendo angústias e incertezas, e povoando os bancos de psicólogos e psiquiatras, ao ponto de, nos EUA — em pesquisas de alguns anos — terem descoberto que,no início do século 20 havia apenas 3% de pessoas que sofriam de problemas psicológicos, hoje chegando a 30% dos americanos.
Ives Gandra Martins, jurista (Jornal do Brasil, 11/08/05)

Neste momento estamos vivendo um período bastante perigoso da história. Há instabilidade, desordem e violência. Com certeza mais do que existia dez anos atrás.
Francis Fukuyama, autor da teoria do fim da história (Veja, 17/11/04)

Estamos vivendo em tempo de catástrofes, as coisas estão terríveis, o que está acontecendo no mundo é algo verdadeiramente terrível.
Lygia Fagundes Telles, escritora, vencedora do Prêmio Camões (IstoÉ, 25/05/05)

Decepção com os meios de comunicação

Sem dúvida a mídia americana está atravessando sua maior crise de credibilidade. Toda sondagem de opinião pública mostra ser esse o caso. Em parte, isso se deve a uma série de erros crassos impressionantes, em parte deve-se a uma atitude arrogante e à relutância em se admitir erros.
Howard Kurtz, crítico de mídia do Washington Post (Folha de São Paulo, 20/11/05)

Mark Twain (1835-1910) dizia que “a função da imprensa é separar o joio do trigo e publicar o joio. Não se deve acreditar nos jornais, com exceção da data registrada no cabeçalho”. Mesmo assim, por erro de composição ou de revisão, as datas saem erradas.
Carlos Heitor Cony (Folha de São Paulo, 07/05/06)

[Ando descrente com o jornalismo] porque os jornais não são mais uma fonte de informação confiável... Os norte-americanos estão percebendo que não podem confiar no que o New York Times ou o Los Angeles Times oferecem. Sabem que algo diferente do que estão vendo na CNN ou na FOX está acontecendo. E, para acessar outra versão, têm de buscar a mídia independente, ou estrangeira.
Robert Fisk, repórter do diário britânico The Independent (Folha de São Paulo, 14/05/06)

Talvez, na chamada “era do conhecimento”, nós, jornalistas, estejamos produzindo mais barulho do que informação — e, assim, ficando menos relevantes.
Gilberto Dimenstein (Folha de São Paulo, 16/04/06)

Fonte: Ultimato


Também decepcionada com o Vasco, vou virar casaca sem nenhum arrepedimento. Nem esperei terminar o jogo.

24.7.06

Blogs vão dominar o mundo

Quem duvida que os blogs dominarão o mundo? 58,7 milhões de pessoas são leitoras assíduas de blogs segundo dados divulgados pela consultoria comScore Media Metrix.

Leia aqui

17.7.06

Novos Poetas

Image Hosted by ImageShack.us

Amor se "sabe"

Amor se sabe, amor não se conhece bem, muitas vezes:
confunde-se o vocábulo, com o sentimento...
Todavia quem ama ,sabe de coisas, que são incríveis:
cuidar saindo do egocentrismo...adoçar...suportar...
entender...colocar-se no lugar do outro...
As pessoas sensíveis sabem que o amor alimenta,
um tipo de mel, um tipo de maná, um tipo de ambrosia...
Amor existe quase culturalmente, mas é fabricado dentro do âmago, embalado na paciência e na Poesia ao compasso das batidas do coração que então, se extasia...e todos sabem também dessa verdade somente percebida porque nos foi soprada pelos Anjos: somente quem ama, conhece o que significa PERDOAR...



Texto de:Clevane Pessoa

Crédito foto: Fernando Baio

12.7.06

Pretinho básico

Image Hosted by ImageShack.us


Isto mesmo que você acabou de ver, basic black. A novidade vem de Portugal, Papel higiênico na cor preta.

O produto é da fábrica de lenços de papéis Renova Black, que habitualmente revoluciona em sua linha comercial. O que ninguém imaginou é que iriam tão longe.

Para muitos portugueses a "função jamais será prejudicada pela cor e o papel higiênico preto dará um toque de verdadeiro requinte em louça e paredes de azulejos de tons claros".

No site da empresa lemos a informação que caberá ao usuário descobrir se esta é uma autêntica revolução na arte da higiene íntima e ainda que o produto é docemente perfumado com fragrância requintada e trará toque de arte ao seu banheiro.

Não sabemos quando a novidade chegará ao Brasil, mas é bom saber que, aqui, pagamos de imposto tributário nada menos que a bagatela 40,50%. Quanto custará o pretinho básico?

E aí, quem se habilita? Beijinhos...rs...

10.7.06

Tá ligado!?

Imaginem um lugar onde você pudesse ler gratuitamente todas as obras de Machado de Assis, ou outras como a "A Divina Comédia", ou ainda ter acesso a historinhas infantis.

Pensem num local que lhes mostrassem as grandes pinturas de Leonardo da Vinci, ou onde todos pudéssemos escutar gratuitamente música em MP3 de alta qualidade.

A boa notícia é que este lugar existe e está disponibilizado pelo Ministério da Educação, bastando acessar o site: Domínio Público


Só de Literatura em língua portuguesa há 732 obras e o incrível é que estão pensando em findar o projeto por desuso, já que o nível de acesso é muito pequeno.

Visite, divulgue, leia, divirta-se, aproveite. Bem melhor que orkut.
Bjokas em todos

30.6.06

Fala Nélida

Image Hosted by ImageShack.us


A arrogância do inaugural é mais danosa para a juventude do que o desinteresse em ler?

Nélida: Nós estamos vivendo mudanças dramáticas na história. Até que ponto a juventude está afetada por um desalento que é grande e justificável? Afinal, vão respeitar a quem? A esses políticos incompetentes, que parecem todos iguais? Vivemos a falta utopia, de sentimento utópico, a falta de fantasiar a realidade que não seja por meio da droga. Fantasiar é lidar com os recursos humanos, fazer com que eles se expandam. É ficar dentro do círculo humano e não alienar-se do humano, como se faz com as drogas. Há hoje uma noção da falsa prosperidade, do falso modismo, que não atinge só o jovem, mas a todos. Os nossos valores estão abalados. O humanismo está recebendo chicotadas. Corremos o risco de reproduzir certos países em que é comum evitar-se qualquer laço afetivo com o colega de trabalho porque você sabe que vai ter de inevitavelmente atropelá-lo. Os EUA, por exemplo, são uma sociedade erguida sob valores anti-humanitários. Vivemos hoje a valorização do banal, o ataque ao pensamento, à reflexão, à boa angústia, que todo mundo tem de ter. Que falsa euforia é essa em que ninguém tem responsabilidade com a sua própria história individual? Você anda pelo mundo como se não fosse adequado refletir sobre a condição humana. Mas é preciso refletir, ter densidade, angústia, que é o ato de sonhar e de conhecer a ascensão e a queda.
.
(Parte da entrevista com Nélida Piñon na Revista Língua Portuguesa)

Retirado do blog Na Dança das Palavras , de Leonor Cordeiro.

Mudança a todo vapor. Obrigada, Leonor. Bjos.

28.6.06

Bildpersonalisierung

Sim, é um palavrão, mas no sentido de palavra com muitas letras. A novidade vem de lá, país que sedia a Copa, mostrando que nem só de Copa do Mundo vive o povo alemão.

Muito legal este site Letter James pra quem desejar personalizar algumas fotos disponíveis por ali. Você pode colocar seu nome dentro de um placar eletrônico de futebol ou até mesmo numa sopa de letrinhas, fazer declarações de amor ou brincar com um amigo, enviando uma frase engraçada.

Capuccino regado a chantily Brasil


Image Hosted by ImageShack.us


No post "Eu também falo Copa", as imagens utilizados foram personalizadas por ali. E como dizem os alemães: Bildpersonalisierung!

Veja aqui: LETTER JAMES