29.11.06

Uma poesia, uma canção e um joelho

A poesia...



BEM-AVENTURADOS

Bem-aventurados os pintores escorrendo luz
Que se expressam em verde
Azul
Ocre
Cinza
Zarcão!

Bem-aventurados os músicos...
E os bailarinos
E os mímicos
E os matemáticos...
Cada qual na sua expressão!

Só o poeta é que tem de lidar com a ingrata alheia...

A ingrata linguagem dos homens!

Mário Quintana




...e uma canção.

I don't wanna talk about it (Rod Stewart & Amy Belle)





"Great American Songbook" gravados ao vivo no Royal Albert Hall, em Londres, Inglaterra. O concerto de gala especial apresenta Rod acompanhado dos 60 músicos integrantes da BBC Concert orchestra, do London Community Gospel Choir, dos membros de sua própria banda bem como e backing vocals. O concerto captura Rod com Chrissie Hynde, Ron Wood, antigo integrante formador da banda Faces junto a Rod, e a estonteante recente descoberta do mundo musical, Amy Belle.




Tô com o joelho dodói, resultado de um aquecimento imperfeito. Ainda bem que não é cotovelo, é joelho, viu!? Bom fim de semana. Beijokas. Chris

26.11.06

Lançamento do livro "Bush 2: a missão"

Image Hosted by ImageShack.us



Para quem mora no Rio de Janeiro, no dia 28 de novembro, acontece na livraria Armazém Digital do Leblon, no Rio Design Center, às 20h, o lançamento do livro "Bush 2: a missão", do jornalista e professor de Relações Internacionais da UniverCidade, Nelson Franco Jobim. Na sequência, haverá uma palestra com sessão de autógrafos.

Já para quem está em Porto Alegre , o lançamento será na Livraria Cultura do Shopping Center Bourbon Country, dia 12 de dezembro, às 19h30, também com palestra e sessão de autógrafos.

Sobre o livro:

Em Bush 2: A Missão e outras reflexões sobre o mundo do século 21, seu primeiro livro, o jornalista Jobim coloca um olhar analítico sobre uma série de acontecimentos internacionais marcantes para tentar decifrar este admirável mundo novo.

O livro, com apresentação de Eduardo Bueno na contracapa, reúne artigos publicados no jornal digital porto-alegrense Baguete. Começa pela posse de George W. Bush para um segundo mandato como presidente dos EUA e sua promessa de espalhar a democracia pelo mundo como forma de combater o terrorismo no plano das idéias.

Sobre as palestras:


O tema da palestra será sobre o desafio colocado à Doutrina de Segurança Nacional do presidente George W. Bush pelos países que ele chamou de “eixo do mal”.

Nelson Franco Jobim também escreve em seu blog Vida Global e o livro pode ser adquirido por lá.



RIO - ARMAZÉM DIGITAL LEBLON
Shopping Rio Design Center
Av Ataulfo de Paiva, 270 Subsolo 103/104
Tel.2274.5999

PORTO ALEGRE - LIVRARIA CULTURAShopping Bourbon Country
Rua Tulio de Rose, 80 Passo da Areia
Cep: 91340-110
Fone: (51) 3028-4033 - Fax: (51) 3021-1777

22.11.06

No Brasil é igual, incrível!!

Proibido por mostrar mulher sexy sem ligaçao com o produto

Image Hosted by ImageShack.us


Este anuncio do café Lavazza foi proibido na Suécia por ser depreciativo para as mulheres. Mostra uma mulher piloto relaxando com uma xicara de expresso na mao, a jaqueta entreaberta revelando o sutian. A ERK, que cuida da etica na propaganda sueca, criiticou a peça por usar a mulher com o objetivo de atrair atençao, sem conexao com o produto anunciado.

Fonte: Blue Bus

Defeitos (Im) Perfeitos

O post de hoje foi um desafio proposto pelo blog da Fernandinha em que fui intimada a expor publicamente meus defeitos (perfeitos) no bloguim e é lógico que aceitei sem qualquer hesitação.
Aí estão, caros e caras, expostos nessa arena virtual um pouco do meu lado de ponta cabeça ou avesso. (Oh, my God!! rs...)

- A teimosia, às vezes, é a minha companheira;
- O esquecimento meu inimigo;
- Tempestuosa, já fiz milhares e milhares de tempestades com tsunamis em copos de água;
- Déficit de atenção, quando eu falo hum hum então, aí é que não prestei atenção em nada;
- Ansiosíssima, deixo todo mundo doido aqui quando tenho alguma tarefa pra cumprir;
- E um bônus, claro: sou dramática, mas muito dramática, formada pela melhor universidade do México.


Adorei a brincadeira Fernanda e obrigada pela solicitação,
beijos e beijos e beijos
Chris

20.11.06

Cosmologia

Os céus à noite formam o maior espetáculo gratuito que temos diante de nossos olhos. Para quem deseja enxergar mais de pertinho, as imagens do clique abaixo são do site da Hubble, um presente pra você.

Tonight sky – November, 2006



“Os céus declaram a glória de Deus
e o firmamento anuncia a obra das suas mãos.
Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite.
Sem linguagem, sem fala, ouvem-se suas vozes em toda a extensão da terra,
e as suas palavras, até fim do mundo”.
Salmo 19:1,2,3,4


“The heavens declare the glory of God;
And the firmament showeth his handiwork.
Day unto day uttereth speech, And night unto night showeth knowledge.
There is no speech nor language; Their voice is not heard. Their line is gone out through all the earth, And their words to the end of the world”.
Salmos 19: 1,2,3, 4





"Novas idéias sugerem que o universo não tem princípio e nem final". (Big Bang em xeque - Galileu Novembro/2006)

16.11.06

Mais uma de ponta cabeça!!

Gata dá à luz a cachorros


Especialistas em genética da Universidade de Passo Fundo (RS) foram, na tarde deste sábado (11), conferir o caso da gata que teria dado à luz três filhotes com características de cachorros.

► Veja as fotos

O sangue dos filhotes será colhido até sexta feira (17) para exames no departamento de genética da universidade.

A dona do animal disse que nasceram seis filhotes. Os três com características de gato morreram, restando apenas os parecidos com cachorro.



Tá certo que chamo meu cachorro de gatinho, mas Oh, my god!! O que está acontecendo? "O mundo está ao contrário e ninguém reparou"? Que nó!! Cachogatos ou bichorros? Que coisa louca!

15.11.06

De caso com a poesia

Filipe Pereira

Oh, a mente... *

“A mente,
Oh! A mente tem montanhas;
íngremes penhascos
Terríveis, a pique, insondáveis.
Faça deles pouco
Quem nunca ali ficou pendendo... ”



Oh, the mind...*

"The mind
Oh! The mind has mountains;
cliffs of fall
Frightful, sheer, no-man-fathomed.
Hold them cheap
May who ne'er hung there..."


** Gerard Manley Hopkins, No Worst, There is None


Ao clicar na imagem, você poderá visualizar o autor e a imagem em seu tamanho real.
Nada melhor que uma pausa pra poesia. Bom feriado a todos. ;-P

13.11.06

Brasil de riquezas e de choro

Incrustados na serra de Valença RJ, precisamente S.J.da Serrinha, estão os quilombolas (moradores dos Quilombos) e descendentes dos escravos do tempo do Brasil Colônia.

Após uma aventura e tanta, estrada acima, sem a certeza se conseguiríamos chegar ou até mesmo voltar, por causa da chuva fina que insistia em cair, participei do 11º. encontro de jongueiros (dançadores de Jongo – ‘tio’ do Samba), patrocinado pela Petrobrás e Natura, com a presença de comunidades negras, autoridades do governo, personalidades da música, jornalistas da chamada grande mídia e muitos assessores de comunicação. Assim me encontrava eu, neste universo midiático (sem fazer feio, nós do bloguim), neste último final de semana, acompanhando tudo de perto.

Havia uma festa alegre com danças de muitas cores, revelando as raízes brasileiras, mas em dado momento, fechei os olhos e me transportei ao tempo dos escravos, tempo este nada feliz e sim de um passado tenebroso, em que muitos morreram de saudade da terra distante, da liberdade. Pude ouvir vozes de lamento, choro e tristezas pelo sofrimento.

E também pensei que muitos de seus filhos ainda hoje são submetidos a uma sub vida de raça inferior. Para ter uma idéia, neste quilombo, a energia elétrica chegou há apenas dois anos atrás.

No entanto, o auge da festa aconteceu quando foi repassado o título de propriedade daquelas terras aos seus moradores por autoridades do INCRA presentes e o livro-CD- testamento "Jongos do Brasil", com a história desta música e dança, trazidas pelos escravos.

É certo que de lá pra cá, muita coisa mudou, mas ainda há o que fazer, porque muitos dos imigrantes que aqui chegaram, italianos, japoneses, poloneses, alemães etc, tiveram o seu reconhecimento e sua parte em terras brasileiras, mas e os negros? Até hoje, dependem de leis governamentais e projetos para possuírem estas mesmas terras em que trabalharam seus pais trazidos, sem autorização.

Para quem deseja conhecer um pouco mais do universo brasileiro e de nossa história, clique aqui.



Image Hosted by ImageShack.us

Estrada para S.J. da Serra, Valença, região serrana do RJ, sem certeza da volta (rs...)

Image Hosted by ImageShack.us

Jongueiros de Barra do Piraí

Image Hosted by ImageShack.us

Casa do Quilombo de S. José, noite, frio e chuva



Hasta la vista!!

10.11.06

Mãe adotada...sem palavras...

Hoje, eu parei ao ler as palavras no post do dia 02/11/06, no blog da Anna Flávia, o Improfícuo, veja abaixo. Ela me fez lembrar como é boa a sensação de ser amada e assim me senti. Detalhe: nos conhecemos pelos blogs da vida e não nos largamos mais.

Postagem dia 02/11


Querida Magrinha,

É lógico que adoraria ter você como filhota. Também fique sabendo que maternidade pra mim é algo sublime e vivido de forma intensa. Me sinto responsável pelos seres humanos que tenho de dar conta.

Saiba que, a partir dali, você está incluída na minha lista de adoção ou teria sido eu adotada? Não sei. Mas a verdade é que, sabe aquele bem que toda a mãe deseja para seus filhos? Pois é, agora vc está incluída. No entanto, não se engane, sou uma mãe daquelas...quando vejo algo fora do comum, eu sou muito chata...rs....Sinta-se "minha filha", mesmo que distante. Uma pena não termos nos visto quando estive em Recife. Não vai faltar oportunidade, permitindo Deus.

Tens casa e abrigo em meu coração e não é só palavras não, é amor que lhe tenho e amor que age. Porque o amor é ação e o de mãe é a prática disto. Só por isso, valeu a pena estar aqui durante os dois anos de De Ponta Cabeça.

E vamos tratar de comer, você tá muito fininha!!! rs......

Uma confissão, em pensar que noutro dia, estava pensativa, porque gostaria de ter tido mais filhos...ê vida de surpresas!!

Beijos, beijos, beijos

8.11.06

E eu com isso!?

O que Paris Hilton desperta??

Image Hosted by ImageShack.us


Para alguns, ela desperta amor, para outros, ódio, mas para o seu próprio biógrafo (digo PRÓPRIO BIÓGRAFO), ela desperta pena.

E no jornalismo? Desperta pautas em jornais ou a famosa arte de encher linguiças. Se quiser, leia aqui. (rs...)

Oh, my god!! Celebridades atuais e jornalismo, é o fim do mundo!
Ela me desperta a pergunta: O que eu tenho com isso?

7.11.06

Um soneto, uma poeta, um ideal

STATUEOFLIBERTY


"...Give me your tired, your poor,
Your huddled masses yearning to breathe free,
The wretched refuse of your teeming shore.
Send these, the homeless, tempest-tost to me."

(Abaixo uma tradução aproximada)



Hoje, gostaria de comemorar as 10.000 visitas neste meu pequeno espaço no mar da net (contadas a partir de maio deste ano, porque perdi todas as outras contagens, rs...) com o poema de autoria de Emma Lazarus, "The New Colossus", gravado aos pés da Estátua da Liberdade, famosíssimo no solo americano.

Em 1883, a França presenteou os Estados Unidos com a Estátua da Liberdade, que chegaria ao solo americano em 1885. Necessitando-se de um pedestal para a estátua foi organizado um leilão para levantar fundos. Neste foram leiloados manuscritos de poetas famosos, entre os quais Longfellow e Mark Twain. Pediram também a Emma uma contribuição literária. Apesar de relutante enviou seu poema "The New Colossus" para o leilão.

Assim que o poeta James Russel Lowell leu seus versos, escreveu: "Gostei do soneto mais do que gostei da Estátua da Liberdade. O soneto deu ao objeto em questão uma ‘raison d´être’, que é, sem dúvida, necessária mais do que o pedestal".

Sua morte prematura, aos 38 anos, foi considerada uma perda para a literatura americana e para a humanidade, em geral. Raramente surgem no mundo figuras tão talentosas, ao mesmo tempo, tão dedicadas a aliviar a miséria de outros.

Em sua honra este poema onde fica expressa sua inteira dedicação à causa dos oprimidos foi fixado em bronze, aos pés da estátua.



The New Colossus

“...dai-me os seus fatigados, os seus pobres,
As suas massas encurraladas ansiosas por respirar liberdade
O miserável refugo das suas costas apinhadas.
Mandai-me os sem abrigo, os arremessados pelas tempestades,
Pois eu ergo o meu farol junto ao portal dourado"

Minha gratidão e meu muito obrigada a todos.
Christiani Rodrigues

P.S.: O crédito da imagem e o endereço encontram-se na própria, é só passar o mouse sobre a fotografia.

O pastel e o chinês

Image Hosted by ImageShack.us


Porque a pergunta não quer calar

Algum dos leitores do nosso bloguim poderia me ajudar, por favor!? Há uma questão que persegue o meu ser faz algum tempo, devido ao aumento consideravél deles e de seus negócios em comum no Brasil: o ramo de pastelaria.

Sim, minha dúvida vem da China, então, se alguém souber, aguardo a resposta, que poderá ser por email, comentários ou qualquer outra forma de comunicação vigente.

Por que os chineses vendem pastéis no Brasil??

Encontrei qualquer coisa neste site aqui , mas que também não me responde muita coisa. Continuo sem respostas...rs...

Com todo o respeito ao povo chinês, apenas uma curiosidade. Desde já, agradeço.
E Zaijian a todos( que quer dizer até logo, ver de novo; zai, mais uma vez, de novo; jian, ver, encontrar-se.)

China radio internacional

ABC Chinês






Abaixo uma receitinha básica de Pastel Chinês.
Por: André Barreta Picelli - Culinarista

rendimento: 16 porções
Tempo de Preparo: 30min

INGREDIENTES:
1 xícara e meia de trigo
1 colher de chá de fermento comum
2 colheres de sopa de manteiga
1 ovo
Sal


MODO DE PREPARO:

Peneire o trigo, o sal e o fermento comum.
No mármore, abra um buraco no meio, coloque a manteiga e o ovo e misture na ponta dos dedos (como uma farofa).
Borrife com água necessária aos poucos até a massa soltar da mão.
Descansar 25 minutos e depois abra com o rolo até a massa ficar bem fina.
Recheie e frite.

4.11.06

Halleluween V (Aleluim V )

Templo Soul balança o esqueleto da galera no Halleluween V

ENTREVISTA - 02/11/2006 22:02 por Christiani Rodrigues

Com Black Soul Gospel pra brasileiro nenhum por defeito, a Banda Templo Soul deixou uma semente plantada no coração de Duque de Caxias [RJ], mostrando a diversidade musical do povo de Deus. A galera caxiense-carioca cantou numa só voz: “Eu digo sim [sim], Sim para Jesus, E pro diabo digo não [não], Não deixe ele jogar semente errada no seu coração...”

Isso aconteceu no sábado, dia 29 de outubro de 2006, noite da quinta edição do Halleluween [de Aleluia, isso mesmo Aleluia!], na quadra lotada do Ginásio São José, em Duque de Caxias, fazendo estremecer a cidade, numa programação feita para mostrar aos jovens qual a verdadeira intenção do chamado Dia das Bruxas, uma praga infernal ressuscitada e que se alastra nos dias de hoje.

Antes da apresentação, descolamos uma entrevista com Rogério Sarralheiro, líder da banda Templo Soul, que você pode conferir abaixo.


Projeto Vida Nova de Caxias: De onde veio o nome da banda e há quanto tempo vocês tocam?

Rogério Sarralheiro: Havia pedido à minha esposa para fazer uma lista com vários nomes para a banda. Então de todos os nomes, gostamos deste porque dá um outro sentido, sou templo do Espírito Santo. E tocamos aproximadamente desde final de 99, então temos uns seis anos juntos.

PVND: A Banda que toca hoje é a mesma da formação original?

RS: Não, porque já trocamos alguns dos componentes.

PVND: A inspiração das letras, de onde vem?

RS: Do cotidiano mesmo. Do que se vê, do que se lê. Para nós, o importante é levarmos uma mensagem do nosso dia a dia, que fale sobre política, dinheiro, ambição humana etc.

PVND: Qual o maior objetivo do templo Soul?

RS: Evangelizar com a música.

PVND: E qual o público?

RS: Essencialmente os jovens por causa de nossa linguagem. Há pessoas adultas que depois que escutam a nossa música, acabam gostando e virando fã.

PVND: Preconceito?? Dentro e fora?

RS: Olha, está muito melhor agora. Há uns 15 anos atrás, era mais complicada e os caras que nos antecederam, quebraram pedreiras mesmo. Hoje, o que há, é mais o medo mesmo. Medo do novo. Fizemos uma apresentação numa igreja em que o Pastor, logo assim que começamos a cantar, ficou preocupado e nos chamou num canto dizendo: “Olha lá, o que vcs vão cantar”, mas depois que cantamos, ele viu que não era nada daquilo. Ou seja, a unção quebra o jugo. Quando eles enxergam Jesus em nós, fica tudo bem.

PVND: Há bandeira denominacional?

RS: Não. Até mesmo porque nós somos de várias igrejas. Minha formação é batista, nasci no evangelho, mas foi na minha adolescência que me despertei para o fato de querer estar nos caminhos do Senhor por toda a minha vida.

PVND: A inspiração para o som do Templo Soul?

RS: Kadoshi e Banda Rara.

PVND: E a fama?

RS: Olha, ainda não subiu à cabeça. Mesmo porque nem somos tão conhecidos assim, mas sempre estamos colocando diante de nós que, não podemos esquecer de onde viemos e o que estamos fazendo, quais nossos valores e o que nos vale mais. Procuramos usar nossa arte não para sermos ‘estrelas’, sabemos que isso é uma dificuldade enfrentada por vários cantores e bandas, mas reconhecemos que sem a graça de Deus não somos ninguém.

PVND: Sonhos, projetos futuros?

RS: Queremos lançar nosso CD e DVD gravado ao vivo e há projetos para isso no próximo ano.

PVND: Aquela canção com uma história especial?

RS: A música Mil, dez mil tem uma história marcante. È sobre o Salmo 91 e uma experiência pessoal que vivi. Eu estava dentro do ônibus, me dirigia para a igreja quando passamos próximos a uma manifestação. Um pedregulho foi jogado em direção ao ônibus e atingiu uma moça que estava na minha frente. Ela ficou com a cabeça afundada, foi horrível e eu fiquei em choque por aquela violência toda. No mesmo momento comecei a orar e agradeci a Deus por não ter sido atingido. E no momento em que orava, o Senhor falou ao meu coração: “Olha, esta pedra era pra você”.
Naquele instante, minha visão foi solidificada e compreendi a minha chamada.


Image Hosted by ImageShack.us

Início do Halleluween, devocional dos jovens

Image Hosted by ImageShack.us

Adivinha quem?

Image Hosted by ImageShack.us

Uma multidão compareceu ao evento

Image Hosted by ImageShack.us

Show com o Templo Soul

Image Hosted by ImageShack.us

Outro momento do show

Image Hosted by ImageShack.us

Eu e Adriana no stand

Image Hosted by ImageShack.us

Amanda e Filipe com o líder da banda

2.11.06

"Blogueiros, uni-vos!!"

Manifesto na net por blogueiros presos


A Anistia Internacional pediu aos blogueiros do mundo inteiro que repercutam em seus blogs os casos de prisão de blogueiros em países onde impera a censura na internet.

- A liberdade de expressão na internet é um direito, não é um privilégio – mas é um direito que precisa ser defendido. Pedimos aos blogueiros de todo o mundo que demonstrem solidariedade com os usuários de países onde se é preso por criticar o governo, disse Steve Ballinger, membro da Anistia.

Aqui, no Brasil, na maioria das vezes, se você critica o governo, no máximo é chamado de 'golpista'. Mas, em países como o Irã e a China, pode acabar em cadeia, sem muito direito de defesa.

Atualmente existem diversos sites que monitoram a prisão de blogueiros. São eles - o Global Voices Online , o site da Repórteres sem fronteiras e o Rconversation .







A ONG Repórteres sem fronteiras convida aos blogueiros e cia. para uma manifestação online contra a censura na internet, no endereço www.rsf.org, entre 6horas da terça 7 de novembro até 6horas da quarta 8.

Nessa ocasião será lançada a plataforma de blogs RSF, com a repercussão de notícias internacionais em blogs de todo o mundo.

(Recebido por email)







Blogar pode ser uma atividade perigosa porque, dentre suas funções, faz o povo pensar dentro de um espírito crítico não manipulável. Hoje, há milhões de adeptos da blogmania sem fim. Sinal de vida inteligente no planeta.
Bjokas todas ;-P

1.11.06

Vídeo para Lula e uma canção para os brasileiros

Para o presidente Lula, o vídeo. Aos brasileiros, a letra e a canção. Aos governantes mundiais, não sei...


Vilarejo (Marisa Monte)




Há um vilarejo ali
Onde areja um vento bom
Na varanda, quem descansa
Vê o horizonte deitar no chão
Pra acalmar o coração
Lá o mundo tem razão
Terra de heróis, lares de mãe
Paraíso se mudou para lá
Por cima das casas, cal
Frutos em qualquer quintal
Peitos fartos, filhos fortes
Sonho semeando o mundo real
Toda gente cabe lá
Palestina, Shangri-lá
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Vem andar e voa
Lá o tempo espera
Lá é primavera
Portas e janelas ficam sempre abertas
Pra sorte entrar
Em todas as mesas, pão
Flores enfeitando
Os caminhos, os vestidos, os destinos
E essa canção
Tem um verdadeiro amor
Para quando você for

E um bom feriado a todos os que nos visitam. Bjokas. Chris;-P