3.8.10

Dia de descanso

E no sábado, descansou
(Christiani Rodrigues)

Ah, hoje eu quero é descansar desta correria que me consome.

Quero tirar os sapatos, que me apertam os calos, e assim perceber o espetar da grama misturado à areia fina, mais parecem que tem vida, fazendo cócegas sob meus pés.

Quero vestir roupas leves, aquelas velhas e largas, que me cabem por inteiro, escondendo as imperfeições de meu corpo finito.

Quero ouvir o canto de qualquer pássaro, que longe de se importar comigo, canta e voa, voa e canta.

Quero estar atenta ao som que a brisa me traz; ora uma criança que brinca adiante, ora o barulho seco das folhas amarelas caídas ao chão, enquanto as árvores choram o seu tempo frio.

Quero parar e estar sensível ao tum-tum involuntário da máquina que bate aqui dentro em meu peito... até quando?...Deus sabe...

Quero respirar fundo o oxigênio e notar calmamente que o ar que me entra pelos poros, me nutre de fé e de esperança.

Quero sentir o calor do astro-rei, que tem mais idade que eu e você que me lê agora.

Quero comer com gosto o tempero mais simples, que me traz momentos passados ao lado de queridos que se foram do meu momento presente.

Portanto, deixo que estes versos remexam meus cabelos, removam as fortalezas dos meus pensamentos tão velhos.

E por isso, me alegro e folgo e retiro qualquer espécie de ansiedade tola que tenta arrancar todos os meus sonhos, mesmo os mais infantis que não se permitem envelhecer ou morrer.

Proclamo o dia de descanso.

Estou leve e impregnada de sentidos. Delícia de dia!

(Escrito à mão, num banquinho branco, embaixo de uma árvore em Campinas, SP (22/07/10)




Sim é o tempo que me falta, sem jamais deixar de dar uma passadinha por aqui e por lá. Beijos sinceros.

3 comentários:

leonor cordeiro disse...

Querida Chris,
Belo texto !!! Um detalhe: você estava em Campinas no dia 22??? Não acredito! EU TAMBÉM ESTAVA!!!
Rubens foi preletor de um encontro sobre capelania. Ficamos em Campinas de 21 a 24 de agosto.
Queria ter passado pertinho desse banquinho branco ...
bjjjjjjjjjsssssssssss!!

Clediane Flores disse...

Bah Cristhiani... Essa poesia traduziu o que to sonhando... Pra mim os melhores momentos que já vivi foram os mais simples e junto dos meus mais queridos! Abração!!

Rubinho Osório disse...

Que sejam assim todos os teus dias; que vc se sinta "leve e impregnada de sentidos todos os dias da tua vida!!!