18.6.10

Para detectar um mentiroso


Dizem que o ser humano não foi programado para mentir e que dá mais trabalho para o cérebro sustentar uma mentira a dizer a verdade. Verdade ou não, hoje, através de computadores ou da linguagem corporal do mentiroso, ela poderá ser detectada e medida por conta do estresse da voz, da quase sutil alteração dos batimentos cardíacos ou daquilo que o corpo fala.

E como estamos em ano de eleição, quero prestar um serviço de utilidade pública...hehehe...umas pouquinhas regras, porém eficiente, que pode detectar os "Pinóquios da vida", que cruzam o nosso caminho. Mas olha só...cuidado para não sair por aí, achando que é verdade a famosa frase do Dr. House: "Todo mundo mente!"...hehehehe

Breve lista de ações corporais executadas por quem mente:

Corpo - Normalmente o "mentiroso" tende a se retrair ao contar uma mentira, encolhendo braços, pernas e ocupando "pouco espaço".

Olhos - o "mentiroso" evita contato visual com o interlocutor. Entretanto algumas vezes as pessoas podem fazer isso para lembrar-se de um fato.

Rosto - as pessoas usam as mãos para esconder o rosto, cobrindo a boca ou coçando o nariz ao falar. Os movimentos faciais do mentiroso limitam-se a região da boca e não envolvem todo o rosto.

Linguagem verbal - os que mentem colocam pouca ênfase no que falam, diminuem as expressividade e oratória. Eles também detalham a história afim de torná-la convincente, porque os silêncios são incomodos para quem está mentindo e as mentiras soarão mais naturais se não forem ditas, mas se ficarem implícitas na conversa. Quando não há uma afirmação, mas indução, há chances que essa conclusão seja falsa. E por fim, tendem a usar suas palavras ao responder suas perguntas, por exemplo ao ser perguntado se "Você quebrou o jarro da sala?" A resposta seria: "Não, não quebrei o jarro da sala".

Emoção - Ao demostrar, eles poderão se prolongarem ou encurtarem mais que o habitual. Há mudanças bruscas de humor. Eles evidenciam tempos errados entre gestos e falas, por exemplo quando alguém sorri após uma dizer que adorou o presente; o lapso entre o sorriso e a sentença.

Assunto - Eles exibirão certo relaxamento se mudarmos de assunto subitamente. Quando alguém diz a verdade tende a ficar mais tensa, pois pode não compreender a mudança. E quando respondem com humor ou sarcasmo podem tentar mascarar um assunto incomodo.



Um "bom" exemplo é o ex-presidente dos EUA, Clinton, que negou repetidas vezes que tenha tido relações com Monica Lewinsky(ex-estágiaria da Casa Branca). Na imagem, ele procurava a todo o momento esconder a boca enquanto falava ou ent ao mantinha as mãos entrelaçadas, um sinal evidenciado de algo a esconder, segundo os especialistas de linguagens corporais.


Fonte: Linguagem corporal.com.br

4 comentários:

Rubinho Osório disse...

Na Fox passa o "Lie to me", seriadinho cujo função do personagem principal é dizer se determinada pessoa está mentindo. Muito legal.
Quanto ao House, acho que ele tem razão!!!

Kakah* disse...

Haha gostei mt...
Eu tb gosto de Lie to me *-* rsrs
Bom, um vez vendo CSI uhahuahua outro seriado que adoro. Uma das atrizes pricipais falou sobre isso. Sobre um modo de saber se a pessoa está mentindo. eu achei meio estranho, mas... Quando alguém está mentindo ela olha para o lado esquerdo e em seu olhar mostra estar distante. como: estou inventando uma história. UHAHUAUH achei interessante, mas não sei néé... preste atenção agora nas conversas com amigos. UHAHUA

BJinhuss

Chris Rodrigues disse...

Ainda não tive a oportunidade de ver o seriado...e concordo contigo Rubinho, acho que o House tem razão.

Georgia disse...

O mundo está cada vez mais cheio deles.

Bjao linda!